Santa Ema

Santa Ema é um sinônimo de entrega para a caridade, porém, quando ainda jovem, não encontrou na sua família incentivo para a vida religiosa e sentia no coração o chamado para o matrimônio. Ela casou-se com o conde Ludgero e teve um filho, que por sua vez seguiu a vocação sacerdotal.

Ema de Gurk, como era conhecida quando casada, ficou viúva e consagrou-se a Deus, focando a sua vida na oração e na caridade. Ela administrou as riquezas que tinha e que herdou em prol dos mais necessitados, muitos mosteiros foram fundados graças às suas doações.

Santa Ema faleceu no ano de 1045 e o seu corpo deixou um sinal de que a graça do Senhor Jesus estava com ela. Quando encontraram e abriram seu túmulo tudo tinha se tornado pó, menos a sua mão de direita, pois era com esta mão que praticava constantemente a doação e a caridade.

Santos de Janeiro

Ver todos

TV Pai Eterno

Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno