São Luís Maria Grignion de Montfort

São Luís Maria Grignion de Montfort é conhecido como “escravo de Maria”, seu maior legado em vida foi ter sido um importante propagador da fé em Nossa Senhora. Nascido na França, no ano de 1673, ele sentiu bem cedo o desejo de seguir o sacerdócio, assim seguiu estudando e se dedicando para isso.

No seminário de Paris, o bibliotecário o autorizou a ler muitos livros da Virgem Maria, muitos de seus superiores pensando mal dele, o mortificavam, humilhavam e insultavam na frente de todos. Era incompreendido, mas o santo se manteve firme na paciência como participação da cruz de Cristo. Quando foi ordenado sacerdote manteve como lema: “ser escravo de Maria”.

Na sua missão como sacerdote, São Luís levava o evangelho e a intercessão de Maria principalmente para os pobres, doentes e mais necessitados. Por sua constante fé em Nossa Senhora, ele foi perseguido inclusive por membros da própria Igreja que caíram nas tentações do maligno. Mas mesmo diante de tantas dificuldades, ele perseverou e trouxe muitos corações para Jesus.  São Luís evangelizou e combateu na França os jansenistas, os quais estavam afastando os fiéis dos sacramentos e da misericórdia do Senhor.

Ele faleceu no ano de 1716, e é de sua autoria o Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem. Este Tratado tem grande influência na fé católica e foi utilizado pelo Papa João Paulo II que adotou o lema “Sou todo teu, ó Maria”.

 

Santos de Setembro

Ver todos

TV Pai Eterno

Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno