São Símaco

São Símaco nasceu na Ilha da Sardenha no século V. Ele pertenceu ao clero romano e foi eleito Papa no ano de 498, um período em que a Igreja sofria duras perseguições.

Muitas famílias tradicionais de Roma e também como o Senado, buscavam de todas as formas influenciar a ação da Igreja, prejudicando a fé católica de diversas formas. Isto durou até Símaco se manifestar. O santo Papa combateu e venceu estes “invasores”, recuperando assim a total liberdade da Igreja, na sua organização e disciplina.

Com a queda do império romano e a invasão de diversos povos, que começavam a dominar o Ocidente, São Símaco tomou o partido da paz e da harmonia e não de algum dos lados. Na função eficiente de pai comum, suscitou a inveja do imperador do Oriente que começou a perseguir os cristãos, em resposta a esta atitude Símaco o lembrou: “Lança um olhar, o Imperador, a tantos príncipes que perseguiram a Igreja e vê como todos eles tiveram triste fim, ao passo que a Igreja perseguida continua com tanto mais glória, quanto mais violenta lhe foi a perseguição”.

Símaco era conciliador, homem de justiça e sinal de paz. Em 514 ele faleceu e hoje intercede por nós.

Santos de Outubro

Ver todos

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store