A casa do Pai no Coração do Brasil

Na antiga região do Barro Preto, hoje Trindade (GO), a primeira capela dedicada ao Divino
Pai Eterno foi construída em 1843 e era coberta com folhas de buriti.

Com o aumento da devoção, que já naquela época conquistava cada vez mais corações, e com o fortalecimento da fé, capelas maiores foram edificadas. Dessa forma, em 1912, foi inaugurado o primeiro Santuário do Divino Pai Eterno, conhecido como Igreja Matriz de Trindade, construído pelo Missionário Redentorista padre Antão Jorge. A intenção era acolher o grande número de romeiros que vinha constantemente prestar homenagens ao Pai Eterno.

No dia 8 de setembro de 2012, o Santuário Matriz completou 100 anos de construção, com uma estrutura de estilo colonial. Pelo fato de ter tido sua originalidade preservada, a igreja se tornou uma peça chave na preservação da história e da fé e, por isso, foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. A construção, marcada por traços da antiguidade, hoje representa uma fé que carrega consigo toda uma tradição. Em 5 junho de 2013, o Santuário Matriz de Trindade foi tombado como Patrimônio Cultural Material do Brasil, também pelo Iphan.

De acordo com o instituto, a igreja materializa a ocupação do interior do país, em que pessoas simples, amparadas em sua fé e movidas por um ideal comum, migram, instalam-se em uma porção de terra e sacralizam o que então era um lugar comum. A construção tem relação direta com a romaria de cerca de 2,5 milhões de devotos que acontece anualmente à cidade e, desde sua primeira construção, em 1843, é polo dinamizador dessas expressões culturais, sendo um componente referencial do evento.

Na busca pela manutenção histórica da devoção ao Divino Pai Eterno, o templo sagrado centenário passou por uma restauração em 2014, com o objetivo de preservar a estrutura original e melhor acolher aos romeiros e trindadenses que marcam presença no primeiro Santuário dedicado ao Divino Pai Eterno.

Fotos do Santuário Basílica.

TV Pai Eterno

REITOR DO SANTUÁRIO BASÍLICA

Horários

Santuário Basílica

De segunda a sexta

Missas: 7h e 19h30

Sábado

Missas: 7h, 10h, 15h e 17h30

Domingo

Missas: 5h45, 8h, 10h, 12h, 15h e 17h30

Funcionamento da secretaria

Segunda a sexta: 7h às 21h

Sábado: 6h às 20h

Domingo: 5h às 20h

Igreja Matriz

Segunda, terça, quinta e sexta

Missas: 7h e 19h

Quarta

Missas: 9h, 15h, 17h30 e 19h

Sábado

Missas: 7h, 10h, e 17h

Domingo

Missas: 6h30, 8h, 9h30, 18h e 19h30

Funcionamento da secretaria

Segunda a sexta: 8h às 18h

Sábado: 8h às 11h e 13h às 17h

Domingo: 8h às 11h

Missas TV

TV Pai Eterno

Segunda, terça, quinta e sexta: 7h e 19h

Quarta: 9h e 19h

Sábado: 7h e 17h30

Domingo: 8h e 17h30

RedeVida

Segunda, terça, quinta e sexta: 7h

Quarta: 9h

Sábado: 7h e 17h30

Domingo: 17h30

PUC TV

Sábado: 17h30 Domingo: 8h

Novenas TV

Novena dos Filhos do Pai Eterno

RedeVida

Segunda a sexta: 10h, 17h e 20h Sábado: 10h e 21h
Domingo: 9h

PUC TV

Todos os dias: 6h30

Novena do Perpétuo Socorro

RedeVida

Segunda a sábado: 8h30 e 14h30
Domingo: 12h30

Santo Terço

RedeVida

Todos os dias: 6h

Programa Pai Eterno

RedeVida

Segunda a sexta: 7h45

RedeVida

Segunda a sexta: 10h45 (reapresentação)

PUC TV

Domingo: 17h30

Galeria de Fotos

Celebração 18/01/2020 – 17h30

Mural dos Devotos 18/01/2020 – 17h30

Palavra do Pai – 18/01/2020 – 10h

ver todas



Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store