A graça pela intercessão

  13 de fevereiro de 2018 • 11h00 • Atualizado em 14/02/2018 • 11h21

O Programa Pai Eterno desta terça-feira, 13, iniciou a série especial de reportagens “A graça pela intercessão”. Em três edições, o poder da intercessão será abordado e explicado pelo Missionário Redentorista Pe. Natalino Martins. Devotos e romeiros falam sobre suas experiências de fé e graças alcançadas. (Assista ao vídeo abaixo)

Para muitos a intercessão é a chave que move ou detém a mão de Deus. Católicos, quando tem algum problema ou situações difíceis, geralmente recorrem à fé em Nossa Senhora, um santo ou direto ao Divino Pai Eterno.

Dentro da Igreja Católica, a intercessão é a grande revelação da confiança em Deus, e a capacidade de todo cristão levar à presença do Divino Pai Eterno as necessidades e as forças que precisam ser transformadas. “Quando nós entramos no processo de intercessão nós nos tornamos aqueles que carregamos as necessidades dos que se confiam às nossas orações e levamos tudo isso à presença de Deus”, pontuou Pe. Natalino Martins.

Desde criança, a devota Maria Aparecida Braga dos Santos aprendeu com a mãe que Nossa Senhora do Perpétuo Socorro intercede para Deus. “Ela já é falecida, mas ela nos deixou esse legado da nossa fé em perseverarmos na Igreja Católica, na nossa religião, que fomos criados, educados e acreditamos totalmente no poder e na intercessão de Nossa Senhora”, contou.

Veja também:

Já a devota Eunice Camilo da Silva soube do poder da intercessão quando recebeu uma graça pela sua saúde pela intercessão de Nossa Senhora. Ela é devota há mais de 20 anos. “Tive doente, muito ruim. Um médico falou que não ia ter jeito mais e que era irreversível, mas minhas filhas confiaram no poder de Nossa Senhora. Fizemos a promessa de fazer a novena quando eu ficasse boa, fiz a novena os nove dias e graças a Deus estou aqui curada com o poder de Nossa Senhora”, lembrou.

O bem do outro é uma preocupação de todo cristão. Pe. Natalino explica também qual é a importância da intercessão em nossas vidas. “Nos atos dos apóstolos nós observamos a grande sintonia dos discípulos que depois da ausência física de Jesus, ou seja, sua ressurreição eles continuam agindo com o mesmo espírito de Cristo, com o mesmo gesto de Cristo e a intercessão faz com que eu e você nos nossos dias sejamos colocadores de todas as realidades dos outros e nossas na presença de Deus. Essa é a importância da intercessão”, concluiu o padre.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

 

 

Fonte: Afipe

Veja Também