Testemunhos

  • Meu filho Antônio estava com dois anos de idade, quando durante uma crise de choro, acabou engolindo o fôlego e perdendo a consciência,… Continue lendo

    Meu filho Antônio estava com dois anos de idade, quando durante uma crise de choro, acabou engolindo o fôlego e perdendo a consciência, ficando desacordado quase que por uma hora. Pedi ao Divino Pai Eterno para que meu filho não ficasse daquele jeito e graças ao Divino Pai Eterno meu filho aos poucos foi voltando ao normal. Agradeço ao Divino Pai Eterno pela graça alcançada. Amém!

    Por: Maria de Lourdes Pereira Lima
    Itumbiara - GO
    15/12/2017

  • Em outubro de 2012, meu pai José Joaquim estava na fazenda, quando aconteceu um acidente. Ele estava tirando leite na ordenha e uma vaca… Continue lendo

    Em outubro de 2012, meu pai José Joaquim estava na fazenda, quando aconteceu um acidente. Ele estava tirando leite na ordenha e uma vaca brava despeou e deu 02 coices em sua cabeça. Ele caiu desmaiado, minha mãe que já acompanhava a Novena dos Filhos do Pai Eterno, na hora ela só gritava: Divino Pai Eterno salve meu esposo e ele foi acordando, só que com dor na cabeça e vomitando. Então ele foi levado para o hospital de Rio Paranaíba. Chegou às pressas e já foi encaminhado para o hospital regional de Patos de Minas, onde ele tirou uma radiografia da cabeça, onde foi constatado que tinha sangue no cérebro e meu pai não sabia direito o sentido das coisas, o médico falou que a recuperação ia ser lenta e podia ficar com alguma sequela. Ficou 04 dias internado e depois foi para casa mesmo sentindo dor na cabeça e tudo que comia ele vomitava. Nós acompanhávamos a Novena dos Filhos do Pai Eterno e passávamos água benta em sua cabeça e com 15 dias ele estava bem, comendo normalmente e sem sequelas. Hoje meu pai e toda família acompanham a Novena dos Filhos do Pai Eterno. Eu e meu pai somos associados à afipe. Agradeço ao Divino Pai Eterno pela graça alcançada. Amém!

    Por: Maria de Fátima Amorim Pereira
    Rio Paranaíba - MG
    15/12/2017

  • Em julho de 2016, meu filho completou um mês de vida e devido às cólicas que ele sentia surgiu uma hérnia umbilical. Fiquei desesperada,… Continue lendo

    Em julho de 2016, meu filho completou um mês de vida e devido às cólicas que ele sentia surgiu uma hérnia umbilical. Fiquei desesperada, logo o levei no pediatra. Ao examiná-lo fui informada que meu filho tinha que passar por uma cirurgia. Não conformada com o diagnóstico, procurei outro pediatra, mas ouvi a mesma coisa. Eu já acompanhava a Novena dos Filhos do Pai Eterno, então comecei a passar a água benta no local e pedia ao Pai Eterno para que meu filho não precisasse passar por nenhuma cirurgia. Para honra e glória do Divino Pai Eterno meu filho está curado. Agradeço ao Divino Pai Eterno pela graças alcançada. Amém!

    Por: Luciene Florecio Sobrinho
    Rio de Janeiro - RJ
    15/12/2017

  • Aos 03 anos de idade meu neto Heitor foi diagnosticado com distrofia muscular e logo começou o tratamento. Graças ao Divino Pai Eterno e a… Continue lendo

    Aos 03 anos de idade meu neto Heitor foi diagnosticado com distrofia muscular e logo começou o tratamento. Graças ao Divino Pai Eterno e a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, hoje aos 10 anos de idade ele é uma criança saudável, inteligente e tem reagido bem ao tratamento e não tem nenhum sintoma da doença. Amém!

    Por: Eunice Matias
    Franca - SP
    15/12/2017

  • Em junho de 2013, enquanto tomava banho em casa, levei um tombo e caí por cima do vaso sanitário que quebrou e cortou meu joelho esquerdo.… Continue lendo

    Em junho de 2013, enquanto tomava banho em casa, levei um tombo e caí por cima do vaso sanitário que quebrou e cortou meu joelho esquerdo. Perdi muito sangue, fui socorrido no pronto-socorro e encaminhado para um hospital em Marília - SP, onde os médicos queriam amputar a minha perna. Peguei uma infecção hospitalar e osteomielite. Fiquei três meses internado e quando recebi alta, as enfermeiras começaram a lavar a minha perna com água benta e o soro fisiológico que eu colocava para benzer durante as novenas. E graças ao Divino Pai Eterno não foi preciso amputar minha perna. Amém!

    Por: Cosme Julio Caetano da Silva
    Pacaembu - SP
    15/12/2017

  • Meu sobrinho de 22 anos passeando com amigos em frente uma lanchonete, levou uma garrafada no rosto. Parte da garrafa ficou na parte de… Continue lendo

    Meu sobrinho de 22 anos passeando com amigos em frente uma lanchonete, levou uma garrafada no rosto. Parte da garrafa ficou na parte de baixo do olho e começou a cortar tudo por dentro. Ao ser socorrido no hospital, o médico falou que seria necessário retirar um dos olhos dele. Começamos a pedir ao Divino Pai Eterno que restaurasse o olho dele, pois seria uma situação muito triste na vida de um rapaz tão jovem. Levávamos a água benta para ele passar nos olhos e toda família começou a rezar pedindo ao Divino Pai Eterno. No quinto dia ele começou enxergar um pouco. O médico que o examinou explicou que ele tinha apresentado uma grande melhora. Passado a cirurgia, ele não ficou com sequelas. Agradeço ao Divino Pai Eterno pela graça alcançada. Amém!

    Por: Maria Luiza Diniz
    Marília - SP
    15/12/2017

  • Através de um exame de sangue que meu irmão Henry Silva Moura de 11 anos fez, foi constatada uma acromegalia, tumor na hipófise. O… Continue lendo

    Através de um exame de sangue que meu irmão Henry Silva Moura de 11 anos fez, foi constatada uma acromegalia, tumor na hipófise. O médico falou que o caso dele era cirúrgico. Meus pais o trouxeram para Brasília. Com muita fé fizemos a Novena dos Filhos do Pai Eterno. Ele fez uma ressonância magnética e para a honra e glória do Senhor deu tudo normal. Agradeço ao Divino Pai Eterno pela graça alcançada. Amém!

    Por: Ana Carolinne Silva Moura
    Coribe - BA
    15/12/2017

  • Há 06 meses mudamos do nosso estado do Mato Grosso, para trabalhar em uma grande empresa aqui no nordeste. Com as mudanças vieram muitas… Continue lendo

    Há 06 meses mudamos do nosso estado do Mato Grosso, para trabalhar em uma grande empresa aqui no nordeste. Com as mudanças vieram muitas dificuldades, além da distância dos familiares, o relacionamento no trabalho do meu marido com o novo emprego era insustentável, ele acabou ficando muito desmotivado. Com tanta insatisfação resolvemos procurar emprego para voltarmos para nosso estado de origem. Apareceu uma oportunidade em uma empresa de grande renome, mas meu marido passaria por um rigoroso processo de entrevistas e etapas. Foi mais de 200 inscritos no Brasil todo, desses 200 foram selecionados 11 e posteriormente 07. Até que recebeu a primeira ligação para entrevista, dos 07 selecionados ficaram 03 e somente ele ficou para a entrevista final. E hoje veio a resposta. Ele conseguiu a vaga tão disputada. E no próximo mês estaremos voltando para casa. Agradeço ao Divino Pai Eterno pela graça alcançada. Amém!

    Por: Neriely Marcondes
    Luís Eduardo Magalhães - BA
    15/12/2017