Testemunhos

  • Pai Eterno quero agradecer, pois meu neto estava andando de patins, caiu e bateu na porta de vidro da cozinha, a porta moeu e todos os… Continue lendo

    Pai Eterno quero agradecer, pois meu neto estava andando de patins, caiu e bateu na porta de vidro da cozinha, a porta moeu e todos os pedaços de vidro cairam do lado de fora.Nada aconteceu para meu neto! Agradeço por tantas graças alcançadas! Amém.

    Por: Sidnea e João
    Taubaté - SP
    29/05/2015

  • Estava grávida e em uma consulta o médico disse que meu bebê estava morto e que eu precisava fazer uma curetagem. Levei um susto, uma… Continue lendo

    Estava grávida e em uma consulta o médico disse que meu bebê estava morto e que eu precisava fazer uma curetagem. Levei um susto, uma tristeza imensa, mas havia em meu coração a certeza de que só passamos pelo que Deus permite. Pedi ao Pai Eterno forças para passar por este momento de sofrimento. Viajei para uma cidade maior, pois o procedimento era de risco, muitos ficaram em oração. Na hora em que o procedimento seria realizado, senti em meu coração o desejo de fazer um novo ultrassom, pedi ao médico e ele disse que tudo bem. Como era ele mesmo quem fazia o exame, ao colocar o aparelho em mim, ele levou um susto. Perguntei-lhe qual era o problema, pois temia uma nova complicação. Ele assustado disse não saber oque estava acontecendo, mas que eu deveria levantar-se e comprar o enxoval, pois meu bebê estava vivo e muito bem! Sai chorando e louvando ao Pai Eterno pelo milagre a mim concedido. Hoje meu bebê está com 3 anos e chama-se José Thiago. Obrigada Deus por ser tão bom!

    Por: Rubilene Batista de Lima
    Água Branca - PB
    29/05/2015

  • No dia 12/03/2015, minha tia sofreu dois AVC e Derrame Cerebral Vascular, os médicos deram 1% de chance de sobrevivência, dizendo que ela… Continue lendo

    No dia 12/03/2015, minha tia sofreu dois AVC e Derrame Cerebral Vascular, os médicos deram 1% de chance de sobrevivência, dizendo que ela não iria passar daquela noite. Nossa família ficou desesperada com a notícia, mas começaram a rezar. Ela passou por duas cirurgias em seguida e ficou em coma e com paralisia do lado direito. Os médicos ficaram admirados com a recuperação dela. Hoje ela está em casa, ainda com sequelas, mas está viva graças ao Pai Eterno! Agradecemos todos que rezaram por ela. Obrigada!

    Por: De:Maria da Glória Mello da Silva, escrito por Aline Alves
    Narandiba - SP
    28/05/2015

  • Sou muito devota do Divino Pai Eterno, no final do ano passado eu estava com a saúde bem debilitada devido a problemas nos pulmões, e… Continue lendo

    Sou muito devota do Divino Pai Eterno, no final do ano passado eu estava com a saúde bem debilitada devido a problemas nos pulmões, e tinha que fazer uma cirurgia dos ovários, com certa urgência. Fiquei muito preocupada, mas muito confiante no Pai Eterno. Em janeiro deste ano fiz a cirurgia, e correu tudo bem! Doze dias depois, tive dengue e voltei a ser internada, foram dias terríveis, mas tudo passou, a biópsia deu normal, eu só tenho que agradecer ao Divino Pai Eterno por esta benção na minha vida.

    Por: Zoraide Cavallaro
    Itapira - SP
    28/05/2015

  • Kiryann esposa de meu neto, que tenho como neta também desde sua adolescência sentia dores no braço esquerdo e tratava achando que fosse… Continue lendo

    Kiryann esposa de meu neto, que tenho como neta também desde sua adolescência sentia dores no braço esquerdo e tratava achando que fosse uma bursite. Depois de casada com meu neto Rafael descobriu que estava grávida tendo que adiar o tratamento até que ganhasse a bebê, com isso o problema se agravou mais, pois já não dobrava o braço e seu punho já estava paralisando. Passando por vários médicos ela foi diagnosticada com um tumor benigno, porém muito agressivo e que, no entanto não teria como salvar seu braço esquerdo e o mais adequado era amputar, pois corria o risco do tumor espalhar-se. Não tendo alternativas ela optou pela cirurgia e toda família rezávamos muito, ela tinha apenas 24 anos. Pedíamos ao Divino Pai Eterno que fizesse um milagre durante a cirurgia e que não deixasse seu braço ser amputado. A cirurgia foi um sucesso! A equipe médica não conseguiu explicar, diziam que o seu braço tinha sido salvo por uma "dedada". Os médicos conseguiram descolar o tumor dos nervos do braço sem ser necessário toca-los, pois uma vez mexido nos tendões o braço perderia totalmente os movimentos e seria amputado. Graças ao Pai Eterno minha neta está curada! Louvo e agradeço ao Divino Pai Eterno pelo milagre feito na vida de minha neta.

    Por: Maria Gomes de Morais
    Goiânia - GO
    28/05/2015

  • Em junho 2008, meu pai levou uma picada de abelha e até então não sabíamos que ele era alérgico e repentinamente seu rosto começou a… Continue lendo

    Em junho 2008, meu pai levou uma picada de abelha e até então não sabíamos que ele era alérgico e repentinamente seu rosto começou a inchar e ele a ficar sufocado. Só chegando à emergência descobrimos que o processo alérgico havia atingido um nível altíssimo de gravidade. Ele ficou todo inchado, seu rosto ficou deformado e nem mesmo conseguia abrir os olhos. Além de tudo, contraiu uma infecção e ficou com sua imunidade comprometida, e sentia fortes dores de cabeça. Eu e minha mãe, não conhecíamos a Rede Vida e em um domingo, dois dias após meu pai ter adoecido, não por acaso, mas por providência divina, sintonizamos no canal, era uma tarde de domingo, assistimos a missa presidida pelo Pe. Robson, e no momento da Adoração ao Santíssimo, pedimos juntas pela saúde de meu pai, que estava ali ao nosso lado todo inchado, com a saúde debilitada. Os dias foram se passando, o processo de recuperação foi lento, foram meses e diariamente fazíamos as novenas, tomávamos e dávamos a ele água benta, passávamos em seu rosto. O Divino Pai Eterno restaurou a saúde de meu paizinho! Desde então, toda nossa família tornou-se devota do Divino Pai Eterno e associados à AFIPE. Obrigada Divino Pai Eterno pela saúde de nosso pai e por nos guiar e proteger sempre!

    Por: Lidyane
    Fortaleza - CE
    28/05/2015

  • Em novembro de 2002, meu filho Luiz Fernando, teve a 1º crise convulsiva, logo viriam mais seis ataques cada vez mais preocupantes. Vendo… Continue lendo

    Em novembro de 2002, meu filho Luiz Fernando, teve a 1º crise convulsiva, logo viriam mais seis ataques cada vez mais preocupantes. Vendo meu filho naquela situação tive vontade de trocar de lugar com ele, pois não queria vê-lo sofrer com as crises e nem se tornar dependente de remédios, pois o diagnóstico médico indicava que eram crises epilépticas e que só seriam controladas com o uso contínuo de remédios. Sempre fui uma mulher de muita fé e pedi iluminação divina. Assistindo Novena do Divino Pai Eterno senti em meu coração um chamado, o chamado para oração! O que senti me fazia crer que meu filho seria curado com a ajuda do Divino Pai Eterno. Então comecei a rezar e suplicar todos os dias e noites para que o Divino Pai intercedesse pela cura de meu filho, que antes de ser meu filho era filho do Pai. Em 2012, fomos na Basílica do Divino Pai Eterno, e quando estavámos em frente ao altar, após a missa meu filho Luiz Fernando, me disse que os médicos haviam diminuido a dose dos remédios, chorei de emoção e gratidão, pois naquele momento o Pai estava me dando um sinal de que meu filho seria curado. Em fevereiro de 2014, ele realizou novos exames e constatou-se que ele estava curado! Agradeço de todo meu coração ao Divino Pai Eterno, a Santa Izildinha, Frei Galvao, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e São Judas Tadeu e Nossa Sra Aparecida que também intercederam pelo meu filho, Obrigada!

    Por: Izaura Odete Peres Freitas
    Cáceres - MT
    28/05/2015

  • Minha sobrinha de apenas dois anos, foi acometida por uma pneumonia e o caso agravou-se. Foi internada, teve derrame pleural e os médicos… Continue lendo

    Minha sobrinha de apenas dois anos, foi acometida por uma pneumonia e o caso agravou-se. Foi internada, teve derrame pleural e os médicos que cuidavam dela falaram que teria de ser colocado um dreno em seu pulmão. No dia seguinte, no qual seria colocado o dreno, ela estava no centro cirúrgico e no momento da pulsão foi retirado apenas 3 ml do liquido, não havia mais que isso. Os médicos ficaram inconformados, pois no dia anterior, exames mostravam que havia muito liquido em seu pulmão. Nossa família já conhecia a Novena e assim que ela foi internada nos unimos em oração, pedindo ao Divino Pai Eterno que nos atendeu! Minha sobrinha foi curada!

    Por: Isilda Tozatti da Costa Flavio Alves da costa
    Araraquara - SP
    28/05/2015