Santo Antônio Maria Zaccaria

Antonio Maria nasceu na tradicional nobreza italiana, na cidade de Cremona, em 1502. Era o filho único de Lázaro e Antonieta. Seu pai morreu quando ele tinha apenas dois anos de idade e sua mãe tornou-se exemplo de vida austera, séria e voltada para a fé, dedicando-se exclusivamente à educação e formação do filho.

Em pouco tempo, Antônio Maria era conhecido por sua inteligência precoce e, ao mesmo tempo, pela disposição à caridade e humildade. Ao completar 18 anos, doou toda sua herança para sua mãe e foi estudar filosofia e medicina.

Antônio Maria usava todo o seu tempo para estudar e meditar. Sua espiritualidade venceu a ciência e, em 1528, ordenou-se sacerdote. Com as bênçãos da mãe, que ficou feliz, mas sozinha, ele foi exercer seu apostolado em Milão. Ali, na companhia de Tiago Morígia e Bartolomeu Ferrari, fundou a Congregação dos Clérigos Regulares de São Paulo, cujos membros ficaram conhecidos como “barnabitas”, pois a primeira Casa da Ordem foi erguida ao lado da igreja de São Barnabé, em Milão.

Fundou também a congregação feminina das Angélicas de São Paulo e criou o Grupo de Casais, para os leigos. Toda a sua Obra se voltou à reforma do clero e dos leigos, reaproximando-os dos legítimos preceitos cristãos. Não tinha ainda completado os 37 anos quando foi acometido por uma infecção.

Sendo médico, ele sabia que a morte se aproximava, voltou então para os braços da dedicada mãe Antonieta. Ele morreu sob o teto da mesma casa onde nasceu em 05 de julho de 1539. Foi canonizado em 1897.

 

Santos de Novembro

Ver todos

TV Pai Eterno









Newsletter