São João I

João I nasceu na Toscana, Florência, no século V. De lá, foi para Roma e tornou-se um sacerdote. Com a morte do Papa, foi eleito o sucessor de Pedro. Governou a Igreja por dois anos e meio, promovendo muitos trabalhos pastorais. Foi o precursor do canto gregoriano e da restauração de igrejas, mas seu objetivo como Papa foi de confirmar a fé dos irmãos.

O Papa João I viveu em um tempo e contexto político-religioso complexo. Quem reinava na Itália era Teodorico, um cristão ariano, ou seja, não era fiel à doutrina católica, mas se dizia cristão. O pontificado foi marcado pelo conflito entre os imperadores Justino e Teodorico.

A vítima foi o Papa João I, que foi forçado por Teodorico a uma missão fora da Itália. Até então, nunca um Papa tinha saído do País, ele foi o primeiro. A missão não agradou, já que Teodorico queria que o Papa fosse o porta-voz de uma mensagem ariana, por interesses econômicos e políticos.

Contudo, a autoridade máxima da Igreja de Cristo não perdeu sua paz e obediência a Deus. Tornou-se santo em meio aos conflitos. Ele viveu uma vida de oração e penitências, oferecendo e buscando sempre ser dócil à vontade de Deus. Por causa do ódio de Teodorico, o Papa João I foi martirizado, aprisionado para morrer de fome e de sede.

 

 

Santos de Janeiro

Ver todos

TV Pai Eterno

Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno