Evangelização

“Nunca perder a esperança”, aconselha padre

Pe. Walmir Garcia fala sobre posicionamento e a visão da Igreja diante do cenário político e econômico atual.

DESTAQUE_ENTREVISTA_2016_04_18_002O Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 18, exibiu uma entrevista especial com o Pe. Walmir Garcia. O Missionário Redentorista falou sobre o posicionamento e a visão da Igreja Católica diante do cenário político e econômico atual que o Brasil e o mundo estão vivendo. Para ele, o momento é de fé, oração pelo país e de se ter esperança por um mundo melhor. (Assista ao vídeo abaixo)

Douglas Branquinho: Padre, é um assunto e um momento difícil que estamos vivendo, principalmente aqui no Brasil, de muita incerteza, insegurança, mas como a Igreja se posiciona e orienta as pessoas para esse momento da história?

Pe. Walmir Garcia: A Igreja tem o posicionamento neutro diante a situação, porque ela não assume uma posição partidária. É muito importante lembrarmo-nos disso, que a Igreja não pode tomar partido de um lado ou de outro, pois ela é a Igreja de todos, tem que abarcar a todos e respeitar o pensamento de todos. Mas, a Igreja tem um posicionamento de luta pela justiça, pela democracia e tem se pronunciado ultimamente. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) até soltou nota dizendo que nós não somos uma Igreja voltada só para nós mesmos. Não podemos viver só dentro da sacristia e, até o Papa incentiva em sua encíclica, que a Igreja precisa se abrir, se posicionar diante dos problemas que existem e trabalhar para que esses problemas sejam amenizados através do diálogo, da compreensão, da luta pela governabilidade.

Douglas Branquinho: O que mais vemos é menos diálogo, cada vez mais intolerância e violência. Este não é o caminho não é mesmo, padre?

Pe. Walmir Garcia: Não é o caminho! E a igreja pede sempre, insiste, através das homilias, dos cursos que ela oferece e através das reuniões que nós temos nas pastorais para que as pessoas permitam-se dialogar e respeitem as diferenças que existem.

Douglas Branquinho: Nós vivemos em um momento economicamente muito difícil. O senhor acha que a Igreja também tem que partilhar com as pessoas desse momento? Fazer essa vivência de acordo com o momento?

DESTAQUE_ENTREVISTA_2016_04_18_001Pe. Walmir Garcia: Não podemos deixar que esse sistema econômico seja ditado somente por um grupo, mas sim o incentivo que devemos fazer com as pessoas para participarem. Muitas vezes nós nos questionamos sobre como participar desse momento todo, e principalmente esse momento difícil. Em primeiro lugar, cobrando dos nossos eleitos, a quem nos elegemos uma posição clara em favor de nós, o povo. Depois, também, um exemplo que nós podemos dar, o exemplo de partilha, de coerência de vida. Acho que não só nós, padres, mas nós como Igreja, devemos dar um exemplo muito grande de solidariedade para com as pessoas.

Douglas Branquinho: Eu gostaria que o Senhor deixasse uma mensagem para as pessoas que nos assistem agora. Uma palavra nesse momento de tamanho alvoroço, agitação.

Pe. Walmir Garcia: Nunca perder esperança. Sempre olhar para frente e ver que é possível criar um mundo melhor sim. Apesar de tudo, o nosso quadro não é desanimador, pois nós temos a força, temos Deus conosco e temos principalmente a força do trabalho que nos motiva a viver em um mundo melhor.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store