Doação

Projeto Estrelinha produz book de crianças com deficiência

Iniciativa reúne 75 fotógrafos voluntários por todo o Brasil desde 2014.

O quadro “Atitude Cristã”, exibido no Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 14, destacou o Projeto Estrelinha. Criado pela fotógrafa Viviane Bachega, de Curitiba (PR), ele consiste em produzir book de crianças com alguma deficiência.  A iniciativa teve início em 2014 e, desde então, se espalhou, e tem voluntários por todo o Brasil. (Assista ao vídeo abaixo)

“Como fotógrafa eu sempre estou pesquisando na internet, vendo fotos e normalmente eu não via crianças com deficiência. Eu comecei a procurar o porquê disso. Eu vi que o custo que os pais têm com essas crianças com educação e tratamentos são muito altos. Então, acabam deixando essas coisas, como a fotografia, de lado. Foi aí que surgiu a ideia de fazer esses books para essas crianças. Além de ajudarmos a divulgar,  colocá-los nas redes sociais, os pais podem compartilhar. Foi assim que surgiu e ideia e acabou dando certo”, contou a idealizadora.

Rapidamente o projeto cresceu e tornou-se conhecido.  “Quando eu comecei, não tinha ideia de que seria o que é hoje. Para mim seria somente eu fazendo as fotos e ponto final, mas aí eu acabei tendo a procura de outras fotógrafas que acharam a ideia bacana e foram acrescentando, somando. Hoje, somos 75 voluntários no Brasil todo e já entregamos mais de 700 books”, contou Viviane.

Em Goiânia (GO), quem puxa o projeto é a fotógrafa  voluntária Carol Beline. Neste trabalho voluntário ela conseguiu unir duas vontades. “Eu sempre quis trabalhar com crianças que têm Síndrome de Down. Antes de fazer Fotografia, eu prestei vestibular para Terapia Ocupacional. Passei, mas na época não deu turma, então decidi fazer Fotografia. Desde então, eu sempre quis trabalhar envolvendo crianças especiais”, afirmou.

Veja também:

Atividade que ela leva a sério e em três anos ela já fez 53 ensaios. “A gente passa por todo um processo para ser aceita no projeto, pois já aconteceu de fotógrafos não terem paciência. Eu acho que, na verdade, é preciso ter paciência com qualquer tipo de criança, independente se é deficiente ou não”, pontuou Carol.

O Issac, 4 anos, foi uma das estrelinhas fotografadas por ela. A família escolheu um bonito parque de Goiânia para a sessão de fotos. Para a mãe do pequeno, Margarete dos Santos Paixão, foi um momento de grande felicidade. “Mostra um pouco das nossas crianças que de certa forma são um pouquinho escondidas ainda. E é também uma forma de a mãe perder um pouco do medo do mundo de sair mostrando eles, de fazer coisas com eles. É muito bom”, disse.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store