Evangelização

Quaresma: Tempo de conversão e transformação de vida

Pe. Walmir Garcia dos Santos explica como os cristãos devem vivenciar esses 40 dias.

O Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 19, exibiu entrevista com o Pe. Walmir Garcia dos Santos. O Missionário Redentorista falou sobre a Quaresma, tempo vivenciado pela Igreja Católica para lembrar os exemplos de Jesus, passando pela Sua Vida, Paixão, Morte e Ressurreição. (Assista ao vídeo abaixo)

Pedro Henrique Rabelo: Padre, o que representa o período da Quaresma para a Igreja Católica?

Pe. Walmir Garcia: É um período de 40 dias que a Igreja tem como proposta ajudar as pessoas a entrarem em um clima de conversão e transformação de vida. É um período em que toda a liturgia e orientação da Igreja se voltam para a preparação para um dos tempos mais importantes da nossa Igreja, que é a Páscoa.

Pedro Henrique Rabelo: Como que os textos bíblicos tratam este período da Quaresma?

Pe. Walmir Garcia: O  versículo basal de toda a Quaresma “Convertei-vos e credes no Evangelho”, é a proposta apresentada por Jesus nas primeiras palavras que Ele disse no Evangelho de Marcos. Então, toda a Palavra de Deus usada nesses 40 dias serão baseadas nessas propostas de chamada do homem e da mulher para o retorno primitivo ou para voltar-se para Deus, porque Deus nos ama e nos quer bem.

Pedro Henrique Rabelo: Padre, através das redes sociais, a equipe do Programa Pai Eterno recebeu algumas perguntas de vários devotos do Pai Eterno participaram. Selecionamos algumas. A primeira é do Josiel Pereira, de Sergipe, que quer saber se é pecado comer carne vermelha nas quartas e sextas-feiras durante o Tempo Quaresmal.

Pe. Walmir Garcia: A Igreja pede que nós tenhamos o jejum e a abstinência de carne somente em dois dias no ano e as pessoas, às vezes, querem ficar a Quaresma inteira sem comer, mas claro que não vai fazer mal e não é pecado também se comer. Mas esses dois dias, Quarta-Feira de Cinzas e Sexta-feira da Paixão, são os que a Igreja pede mesmo que abstenhamos da carne vermelho e também façamos um jejum mais aprofundando de uma refeição ou de todas as refeições, se assim você der conta.

Pedro Henrique Rabelo: Vamos para mais uma pergunta. A Nívea Noronha, de Montes Claros (MG). Ela quer saber se a Quaresma é um período de tristeza ou de alegria.

Pe. Walmir Garcia: Acredito que a palavra tristeza não seria tão adequada, mas é um modo de nos colocarmos diante da morte e do sofrimento da morte de Jesus. Claro que isso pode gerar tristeza, mas também gera um sentimento que eu chamo de compaixão, ou seja, nos colocar no lugar de Jesus e ver que o sofrimento dele é redentor para mim. Então, é um sofrimento que gera uma alegria muito grande, pois gerou salvação para minha vida. Então, eu digo que o Tempo da Quaresma é um tempo de alegria contida, por isso nós tiramos os Aleluias, os hinos de glória e louvor, para termos certa reserva daquela alegria efusiva exterior, mas é uma alegria em que nós nos colocamos na perspectiva da celebração da Páscoa.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store