Evangelização

Obras Sociais: princípios educacionais e de evangelização

As instituições atendem cerca de 1,6 mil pessoas, entre crianças, adolescentes, adultos e idosos

Você já conhece o trabalho realizado pelas Obras Sociais Redentoristas em Goiás?  Atualmente, cerca de 1,6 mil pessoas, entre crianças, adolescentes, adultos e idosos são atendidos pelas instituições que trabalham de acordo com os princípios da evangelização, educação e capacitação profissional.

A Adria Joice de Oliveira,por exemplo, aproveita bastante o que o Centro Social Pai Eterno (Cespe) oferece.  “Atualmente eu participo da costura, faço informática e futsal, porque eu gosto muito de jogar bola, aproveito para fazer uma atividade física. E com a costura eu quero um dia poder me profissionalizar na costura. E a informática porque hoje em dia para arrumar um emprego precisa ter informática no currículo”, afirmou.

Nas Obras Sociais são oferecidas diversas oficinas e atividades artísticas como a oficina de música, ministrada pelo educador Rodolpho Machado. “Os educandos participam das aulas presenciais. Eles trazem seus próprios instrumentos. Quem não tem, pode utilizar o que temos aqui e aqui eles aprendem ou aperfeiçoam. E tem também o canto. Na maioria das vezes, os alunos vêm para poder aprender do zero. Então, chegam aqui para ter o primeiro contato com o instrumento, vão poder sentir como que toca e até mesmo como cantar”, explicou o educador.

Já o curso de informática tem duração de seis meses. São 40 alunos matriculados neste semestre. No final, os jovens recebem certificados. “Temos um trabalho de seis meses com um cronograma. Trabalhamos aqui dentro diversos temas sociais. Incluímos além da informática, matérias extras”, pontuou o educador Eduardo Bueno.  Segundo ele, as atividades também desenvolvem a socialização. “Trabalhamos aqui dentro a capacitação e também de certa forma, um bom convívio. Temos pessoas que já encerraram, mas que vem para uma boa interação, para melhorar o convívio dentro de casa”.

As crianças praticam atividades, que incluem reforço escolar e aulas de arte. “Aqui a gente desenvolve atividades de evangelização, falamos também sobre natureza e sociedade. Leitura, linguagem, matemática divertida, contação de histórias. E no decorrer da semana, a cada dia, uma das atividades são aplicadas com os nossos assistidos diariamente”, explica a educadora Rizulene Miranda.

De acordo com o coordenador pedagógico das Obras Sociais, Naclayton Sousa, os profissionais são preparados e há um planejamento anual para todos. “É assim que os nossos educadores melhoram as suas práticas pedagogias para desenvolver com os nossos assistidos e, assim, as nossas atividades acontecem com total entusiasmo para desenvolver um trabalho ainda mais amplo e mais bacana. Temos passeios festas culturais programadas, trabalhos de Educação Ambiental e muito mais. Temos também as nossas oficinas com encontros e formações com os adultos e idosos para que esse público tenha vínculo, desenvolvimento cultural, artístico e religioso dentro das Obras Sociais”, ressaltou.

Afipe e Obras Sociais Redentoristas

Os centros sociais apoiados pelas Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe) contam com a colaboração de cada associado. Portanto, sua contribuição é muito importante. Se você ainda não é associado, conheça o trabalho social realizado em Goiânia e em Trindade. Cadastre-se e faça parte desta família de amor!

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS











Newsletter