Evangelização

Dia do Radialista: Confira entrevista com o Pe. Jesus Flores

“Qualquer manifestação de um radialista cristão é proclamar a visão de Jesus Cristo, a partir do Evangelho, para o mundo de hoje”, afirma

Na era das redes sociais, radialistas continuam erguendo a bandeira da evangelização e da informação com responsabilidade. Nesta quinta-feira, 7 de novembro, Dia do Radialista, o portal Pai Eterno traz uma entrevista com o missionário redentorista Pe. Jesus Flores, ícone do rádio e do jornalismo goiano. No bate-papo ele opina sobre o papel deste veículo de comunicação, sua trajetória e o futuro do rádio, que vence o tempo e permanece importante adaptando-se às novas tecnologias. 

Jesus Flores começou no rádio na década de 60, com programas religiosos, e mais tarde, na década de 70, iniciou sua trajetória histórica na rádio Difusora de Goiânia, hoje Difusora Pai Eterno, se dedicou aos comentários contundentes sobre fatos políticos, econômicos e sociais, levando ao público sua bagagem de conhecimento filosófico, ético, moral, social, somado com a visão cristã de se ver a vida. Passou por períodos difíceis, na Ditadura Militar, em que a liberdade de imprensa era cerceada, mas manteve firme sua missão de dar voz ao povo. 

Entre os marcos de sua carreira está a fundação da Rede Católica de Rádio (RCR), em 1994. Nesta época, a Difusora era responsável por produzir o conteúdo jornalístico e retransmitir para cerca de 160 emissoras do Brasil. Hoje aos 86 anos de idade e 60 deles de sacerdócio, o Pe. Jesus Flores continua no ar, de segunda à sexta-feira, às 09h55, na  rádio Difusora Pai Eterno (640 AM e www.difusorapaieterno.com.br), com o quadro Ponto de Vista, que integra o programa Rádio Livre. Confira a entrevista abaixo:

Pe. Jesus Flores

Portal Pai Eterno: Como informar a população sobre tantas notícias pesadas do cotidiano e, ao mesmo tempo, levar a palavra evangelizadora?

Pe. Jesus Flores: Qualquer manifestação de um radialista cristão é proclamar a visão de Jesus Cristo, a partir do Evangelho para o mundo de hoje. Olhar a realidade, as carências e necessidades do povo e tentar dar uma resposta que seja uma verdadeira, uma resposta para aquilo que o mundo necessita e está clamando para receber. Não se trata de falar palavras vazias, fugir dos problemas, mas de compartilhar a resposta que Jesus deu e que nós precisamos anunciar nos dias de hoje.

Portal Pai Eterno: Diante de tantas experiências no rádio, o senhor poderia citar um período que se destaca em sua memória?

Pe. Jesus Flores: Quando eu comecei a trabalhar no rádio, me dedicava mais a programas religiosos. A uma certa altura da vida, quando me tornei diretor da rádio Difusora de Goiânia, percebi que havia uma carência, no jornalismo, de alguém que conhecesse suficientemente a doutrina da Igreja e o Evangelho e que fosse bem informado sobre a realidade do mundo para tentar dar uma resposta para a população. Houve uma reação inicial dos jornalistas que foram muito corporativistas, mas em poucos dias passaram a pedir comentários meus sobre suas matérias e conseguimos ter um bom sucesso nesse trabalho, especialmente nos editoriais da Rede Católica de Rádio, quando tínhamos uma audiência nacional e pudemos chegar bem longe no Brasil inteiro. 

Por cerca de 10 anos tivemos condições de realizar mais e atingir as pessoas trazendo os acontecimentos e seus comentários, e com isso dar uma resposta cristã para os fatos. É um mérito não só da Difusora, mas de todas as emissoras da rede, tanto que tínhamos representantes e repórteres em Brasília, São Paulo, Belo Horizonte, Nordeste, que produziam boas matérias, já que um comentário bom só se faz a partir de boas matérias.

Portal Pai Eterno: Como o radialista pode utilizar do meio de comunicação para auxiliar a população?

Pe. Jesus Flores: Precisamos ir até o povo, ouvir o povo, não podemos trabalhar apenas pela internet, temos que estar onde o povo está, olhar olho no olho para saber a realidade e não apenas saber versões da realidade. Entender todo o contexto é fundamental.

Portal Pai Eterno: O que o senhor tem a dizer aos colegas que têm esta missão de informar e evangelizar via rádio?

Pe. Jesus Flores: É preciso conhecer a Palavra de Deus, é preciso estudar, conhecer a realidade, é preciso estar muito bem informado sobre tudo que está acontecendo. E por dentro estar dentro da notícia, não se deixe enganar, pois  há muita mentira nas informações. Precisamos ter um espírito crítico para não deixar-se conduzir pela mentira que é a rainha dos dias de hoje. É preciso saber discernir e com espírito crítico levar as informações para o povo carente.

Portal Pai Eterno: Para o senhor, o rádio tem futuro?

Pe. Jesus Flores: Futuro todos os meios de comunicação terão enquanto forem significativos e enquanto forem um contraponto. Falam-se muito em redes sociais e acontece que as redes usam a imprensa e o rádio como fonte de inspiração e fonte de informação para as suas comunicações. A credibilidade do rádio tem sempre seu lugar no futuro e no presente.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS











Newsletter