Igreja no Brasil

Iluminar o Caminho: A história dos Redentoristas no Piauí

Assista ao documentário nesta quarta-feira, 23, às 22h, na TV Pai Eterno

Nesta quarta-feira, 23, às 22h, a TV Pai Eterno exibe o documentário Iluminar o Caminho, que conta a história dos Missionários Redentoristas no Piauí.

Saiba mais sobre a Congregação do Santíssimo Redentor

A Congregação do Santíssimo Redentor, popularmente chamada de Congregação Redentorista, foi fundada por Santo Afonso Maria de Liguori no dia 9 de novembro de 1732, em Scala, no sul da Itália. Santo Afonso nasceu em Nápoles no dia 27 de setembro de 1696. Recebeu uma educação exigente e esmerada, pois seu pai queria que se tornasse um grande advogado. Aos 16 anos, se formou em direito civil e eclesiástico. Exerceu a advocacia durante oito anos.

Contra a vontade do pai, aos trinta anos foi ordenado sacerdote. Exagerou nas atividades pastorais, ficando esgotado. A conselho médico foi descansar nas montanhas, mas vendo o abandono religioso dos cabreiros da região, o descanso se tornou verdadeira missão popular. Aí surgiu a idéia de fundar uma congregação missionária, que se dedicasse à evangelização dos mais abandonados.

O lema da nossa Congregação – Copiosa Apud Eum Redemptio – significa: “Com ele há Copiosa Redenção”.

Como Santo Afonso, continuamos Jesus, o Redentor, pregando esta Boa Nova aos pobres. Atualmente, a Congregação está presente em 78 países, com cerca de 5.500 Missionários. No Brasil, os Redentoristas iniciaram suas atividades em 1894, através da Província holandesa, exercendo atividades missionárias por todo o território nacional.

Uma congregação, normalmente, se compõe de várias províncias divididas por regiões geográficas. No país, os Redentoristas só não têm residência nos estados do Acre, de Roraima e do Amapá. A Província do Rio de Janeiro abrange os estados do Rio, de Minas Gerais e do Espírito Santo. As outras unidades da Congregação no Brasil são: Províncias de São Paulo, de Porto Alegre, de Campo Grande, de Goiás, Vice-Províncias de Manaus, de Recife, de Fortaleza e da Bahia.

 

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno