Especial

Igreja celebra visita de Maria

Peçamos à Virgem Maria que interceda por nós junto a Jesus, para que sejamos cada vez mais sensíveis à dor do outro

Hoje, 31 de maio a Igreja celebra a visita de Maria, já grávida do Espírito Santo, à sua prima Isabel. A devoção a Nossa Senhora da Visitação originou-se entre os primeiros franciscanos, inspirada no Evangelho de São Lucas 1,39-56, quando o anjo Gabriel anunciou a Maria, que ela seria a Mãe do Salvador. Ele também disse que Isabel, prima de Maria, já idosa, estava no 6º mês de gravidez por um milagre de Deus.

Assim, Maria foi às pressas até a região montanhosa da Judéia, à cidade de Aim Karim, para visitar Isabel. Daí o nome de Nossa Senhora da “Visitação”. Foi um encontro especial. Maria levava Jesus em seu ventre. Isabel, carregava João Batista. Os dois primos também se encontraram neste momento e o Espírito Santo se fez presente.

A visita de Maria não foi apenas uma visita comum. Já carregando o Espírito Santo, Maria se dispôs a transmitir o mistério santificador da Palavra que, misteriosamente, se fez carne. Ela se sentiu no desejo de comunicar à sua prima, a alegria que sentia pelo prodígio nela operado pelo Senhor. Esta alegria é cantada no Magnificat: “o meu espírito se alegra em Deus”.

As palavras que Isabel disse a Maria foram inspiradas pelo Espírito Santo. Por isso, se tornaram uma frase da oração: a Ave Maria.

Peçamos a Virgem Maria que interceda por nós junto a Jesus, para que sejamos cada vez mais sensíveis à dor do outro. Mas que a nossa sensibilidade não fique no sentimentalismo, mas se concretize através da caridade.

Virgem Maria, Mãe da visitação, rogai por nós!


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno