Veja como foi a Semana Santa nas Obras Sociais

  21 de abril de 2017 • 11h00 • Atualizado em 24/04/2017 • 10h47

A Semana Santa e a Páscoa não passaram em branco entre as famílias atendidas nas Obras Sociais Redentoristas. Algumas atividades foram realizadas para despertar o verdadeiro sentido dos dias que lembram a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo.  O Programa Pai Eterno desta sexta-feira, 21, mostrou detalhes da programação por lá. (Assista ao vídeo abaixo)

As Oras Sociais Redentoristas, que atendem crianças, trabalham bastante na formação de cada uma. Além das tarefas lúdicas, elementos do contexto cristão também são inseridos nas atividades. Durante a Quaresma, a meninada do Centro Social Pai Eterno (Cespe) ensaiou apresentações sobre a Semana Santa. “Essa temática foi desenvolvida no período inteiro da Quaresma. Toda semana, todos os dias uma das educadoras falava alguma coisa, fazia alguma atividade sobre a preparação para a Semana Santa”, pontuou a educadora social, Rizulene Miranda Queiroz.

Veja também:

O coordenador pedagógico das Obras Sociais de Trindade, Naclayton Sousa, contou que o projeto foi todo voltado para o sentido religioso da Páscoa. “De forma lúdica, divertida tentamos passar a mensagem do amor para as crianças. Por mais que façamos isso de uma forma descontraída, temos o objetivo de levar o espírito da ressurreição de forma dinâmica e divertida para os nossos assistidos”, pontuou.

Rememorando a Quinta-feira Santa, da Última Ceia, e a Sexta-feira da Paixão do Senhor, as crianças fizeram apresentações encenando estes momentos do Evangelho. As turmas se dividiram em duas. Uma apresentou a Santa Ceia e a outra a Paixão do Senhor.  A Ana Júlia Pereira Miranda, 9 anos, mostrou que aprendeu tudo direitinho. “O sofrimento de Jesus na cruz, o de Maria em ver seu filho sofrendo. Não é ovo da Páscoa, coelhinho, o sentido é mesmo Jesus e sua ressurreição”, disse.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno

Fonte: Afipe

Veja Também