Notícias

Qual o real significado da Quaresma para os católicos?

Ir. Diego Joaquim fala sobre o tempo de penitência e preparação para celebrar a Páscoa.

DESTAQUE_ENTREVISTA_02_TXT_28_02_2014A Quaresma foi o assunto abordado no quadro Entrevista exibido no Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 3. O Missionário Redentorista Ir. Diego Joaquim falou sobre a importância e o significado dos exercícios quaresmais para a Igreja Católica. (Assista ao vídeo abaixo)

Douglas Branquinho: Irmão, qual é o significado real da Quarta-feira de Cinzas para nós católicos?

Ir. Diego Joaquim: A Quarta-feira de Cinzas é o marco inicial do tempo da Quaresma, esse tempo especial da graça de Deus em que nos preparamos para celebrar a ressurreição do Senhor na Páscoa. A Liturgia da Igreja nos coloca esse tempo especial e na Quarta-feira de Cinzas recebemos o sinal de conversão, sinal de nosso desejo de penitência, que são as cinzas.

Douglas Branquinho: Qual é o significado do ato do padre colocar as cinzas na cabeça dos cristãos?

Ir. Diego Joaquim: Existe o costume das cinzas serem feitas das folhas das palhas da missa do Domingo de Ramos do ano anterior. Por ocasião do início da Quaresma é feita a queima dessa palha e na missa o padre impõe a cinza ou sobre a testa, ou sobre a cabeça do fiel. Quando ele coloca a cinza, ele diz: “Convertei-vos e crede no Evangelho”. Isso é um sinal externo de que nós como cristãos, como comunidade cristã queremos nesse tempo da Quaresma nos penitenciar, nos despojar daquilo que nos atrapalha de seguir o caminho de Jesus e nos comprometer a fazer desse tempo, um tempo de verdadeira conversão.

Douglas Branquinho: Já dentro desta questão então, o que significa e o que deve ser vivenciado em relação à penitência e ao jejum durante a Quaresma?

Ir. Diego Joaquim: São três exercícios importantes para o cristão no tempo da Quaresma. A oração, que já faz parte da vida cristã, em seguida o jejum e a esmola. Pela oração, a gente se aproxima daquilo que é desejo de Jesus que seja o projeto de nossa vida. A gente escuta mais atentamente a Palavra de Deus e vai percebendo na oração aquilo que no nosso caminho não está perfeito e que precisa ser convertido. No jejum, a gente exercita o auto domínio, o controle, a gente renuncia a coisas, ou por exemplo, alimentos e costumes que nós temos, tudo em prol de que a gente possa crescer na oração e na escuta da Palavra de Deus, só que esta oração e este jejum não se tornam um exercício completo e prefeito de conversão, sem a esmola. O jejum que eu proponho para mim nesse tempo santo da Quaresma, deve chegar até o meu próximo, não só para que ele veja que eu estou me abstendo de carne, ou fazendo algum exercício, por exemplo, tem gente que faz jejum de acessar menos a internet, ou de ver televisão, mas não é só para isso, fazer por fazer, tem que ter a dimensão da esmola, no sentido de que o meu irmão vai receber algo a partir do meu sacrifício. Se a pessoa se compromete a se abster de carne nas sextas-feiras, ou a ver menos televisão; o que elas vão receber? Será que eu vou oferecer isso aos meus irmãos? Seja do ponto de vista material ou mesmo me dispondo a estar mais presente, conversando com a minha família, com meus amigos. Então esses três exercícios tem que estar presentes na vida do cristão durante a Quaresma: O jejum, a oração e também a escola, que é aquilo que você oferece fruto do seu jejum ao seu próximo.

Douglas Branquinho: É realmente um tempo de reflexão. Como o cristão deve viver esse tempo?

Ir. Diego Joaquim: É um grande retiro. Muitos pensam que é um tempo triste. Na verdade é uma preparação para uma grande festa e a gente se prepara como a gente se prepara para uma grande festa. A gente compra uma roupa boa, dá um tapa no visual. Fazemos Quaresma e penitência para celebrar a Páscoa. Todo ano é assim, pois a Páscoa tem que ser para nós, a passagem para uma vida nova. Então, que nesse tempo de Quaresma a gente possa, de fato, ouvir a Palavra de Deus, corrigir o que está errado no nosso caminho para poder celebrar a Páscoa de Jesus como também Páscoa na nossa vida, como também a passagem para uma vida nova.

Douglas Branquinho: Irmão, deixe uma mensagem para todos os devotos e devotas do Pai Eterno que nos acompanham.

Ir. Diego Joaquim: Você, meu irmão, minha irmã, devotos do Pai Eterno, que colaboram com essa obra de evangelização estamos começando o tempo da Quaresma. Que você possa fazer desse tempo, um tempo de graça na sua vida, um tempo de verdadeira conversão, se aproximando cada vez mais de Jesus, aprendendo dele o caminho para fazer o bem. Boa Quaresma a todos!

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store