Notícias

Arte com as mãos: dom das irmãs da Copiosa Redenção

Elas utilizam suas habilidades para a produção de objetos de devoção, mais um trabalho de evangelização.

DESTAQUE_NOME_DA_VIDA_03_04_2014O quadro Divina Arte exibido no Programa Pai Eterno desta quinta-feira, 3, deu destaque ao trabalho artesanal realizado pelas irmãs da Copiosa Redenção. Além dos trabalhos pastorais, elas utilizam suas habilidades manuais na missão de evangelizar e propagar a fé ao Divino Pai Eterno por meio de objetos religiosos. (Assista ao vídeo abaixo)

A Ir. Neuci Aparecida Ferreira relembrou que a Copiosa Redenção surgiu através de um retiro que o fundador realizou em Vitória do Espírito Santo: “Ali ele sentiu o chamado para fundar a Congregação e o carisma, que é a recuperação de dependentes químicos e adoração. Nesse retiro, uma jovem depositou sobre o altar um pacote de drogas, então Pe. Wilton, que é redentorista, sentiu no coração que esse era o chamado”.

Para a Ir. Márcia Santos, ter a consciência de uma missão e cumpri-la ao levar a fé aos devotos é algo gratificante. “Fica muito bom, é muito prazeroso”, afirmou.

Veja também: 

A Ir. Maria Luciana de Chaves explicou quais são os trabalhos manuais que elas produzem: “São as telhas decoradas, os terços e as caixinhas para ajudar em nossa comunidade”. Ir. Valdineide Maria dos Santos completou: “A gente participa nessa arte que gera uma alegria muito grande em ver os nossos terços na Igreja Pe. Pelágio, por exemplo, nas mãos das pessoas rezando com eles. Ficamos orgulhosas em ter feito aquele objeto de devoção”.

De acordo com a Ir. Danila Daiana de Souza, o religioso vive da providência de Deus e também do trabalho de suas mãos. “Vive do esforço do seu trabalho”, ressaltou.

A Ir. Michele da Silva Santos explicou como é feito o trabalho: “Nós temos essas bolinhas que colocamos na linha e fazemos cada dezena do terço e depois colocamos a cruz e terço está pronto. Tem também as caixinhas e as telhas que passamos massa corrida, colocamos uma figura e depois passamos a tinta, casca de ovo e brilhos, fica conforme o gosto da pessoa”.

Para a Ir. Simoni Jacob, as atividades resultam em momentos de união e convivência entre as religiosas. “No dia a dia, com as nossas atividades, não conseguimos ficar reunidas. O prazer da vida comunitária é estar em comunidade e o prazer de aprender coisas novas, de se sentir útil, somando e colaborando”, afirmou.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store