Notícias

Vocação leiga: servir a Deus na comunidade cristã

Mesmo não sendo consagrados à vida religiosa, devotos oferecem seus serviços ao Pai Eterno.

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_TXT_15_08_14O Programa Pai Eterno desta sexta-feira, 15, mostrou que mesmo quem não é consagrado à vida religiosa, pode e deve ter presença ativa na comunidade cristã. Muitas pessoas oferecem seus serviços à Igreja e conseguem conciliá-lo ao cotidiano da vida profissional e familiar. Exemplo são o aposentado Elésio Divino da Fonseca e o contabilista Sebastião José Lemes dos Santos. Suas vocações para o trabalho religioso foram destaque no quadro Em Nome da Vida. (Assista ao vídeo abaixo)

A vocação dos leigos na Igreja não é menos importante que a vocação religiosa, já que eles trazem consigo a experiência do mundo. Aliar as obrigações do dia a dia com os deveres cristãos torna a fé mais forte e aumenta a proximidade com o Pai Eterno.

“É uma oportunidade de levar para a sociedade um aprendizado de vida, promover a missão que Jesus nos dá no batismo, cada batizado é um missionário, é um vocacionado nato. Essa importância ultrapassa as portas da Igreja”, afirmou Elésio.

O aposentado contou que sempre foi muito atuante na Igreja, mesmo antes de vir morar em Trindade, há 12 anos: “Anteriormente eu trabalhava em Montes Belos (GO), lá eu trabalhava na Pastoral de Noivos, na preparação de noivos para o casamento, além de movimento na Renovação Carismática e na torcida da cristandade. Então, de certa forma, em sempre estava dentro da igreja, exercendo algum papel”.

Veja também:

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_TXT_2_15_08_14A vocação do leigo na Igreja é tão importante que em algumas ordens existe o seguimento pra eles. O contabilista Sebastião José Lemes dos Santos é um leigo consagrado na Ordem dos Carmelitas Descalços desde 2008.

“Eu tive a experiência com Santa Teresinha do Menino Jesus, no ano de 1996, ainda não existia Carmelo aqui em Trindade, e nem imaginava que existia também a Ordem Terceira, mas esta devoção à Santa Teresinha fez com que eu fosse me aproximando cada vez mais com o Santo do Carmelo”, contou.

Ainda de acordo com Sebastião para fazer parte, tem que ser membro ativo na Igreja. “Todo católico tem que ser atuante, tem que ser ativo”, afirmou.

Os dois leigos se desdobram e conciliam as tarefas com alegria e também são homens realizados por servirem com tanto empenho, no exercício da evangelização. “Hoje a minha casa é o meu Carmelo, o meu trabalho, o meu escritório é o Carmelo, então onde eu estou o Carmelo está comigo. Então, para nós que somos carmelitas, é impossível pensar como eu vou trilhar meu caminho de santidade sem ele. O Carmelo facilita este caminho”, declarou Elésio.

Já Sebastião afirmou que não se vê realizando outro tipo de trabalho: “Mesmo sendo leigo, mas aquele que está aberto realmente pode trabalhar e exercer. Eu me sinto feliz, minha esposa e minhas filhas também. De uma forma ou de outra, todas elas acabam ficando envolvidas também”.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store