Notícias

Projeto transforma vidas por meio do esporte

Desde 2007, o Paraolímpicos do Futuro atende pessoas com deficiência em Goiânia (GO).

DESTAQUE_ATITUDE_CRISTA_2015_08_21_005O projeto Paraolímpicos do Futuro foi o destaque do quadro Atitude Cristã, exibido no Programa Pai Eterno desta sexta-feira, 21. Haja fôlego e energia para uma turma que se dedica ao esporte como forma de inclusão. São inúmeras atividades direcionadas a pessoas com deficiências múltiplas. (Assista ao vídeo abaixo)

Cerca de 80 pessoas recebem atendimento, duas vezes por semana, em um clube de Goiânia  (GO). “Nós temos a atividade de natação, a expressão corporal, o treino de capoeira, a música de capoeira e temos também o projeto que vamos iniciar agora, que chama ‘Foi eu que fiz’, que é de artes com material reciclado, e ainda temos o tênis de campo e o de mesa”, explica a coordenadora das atividades, Karla Franco.

Todo esse trabalho tão legal começou em 2007, em uma quadra de tênis. O projeto é o único no Brasil que inclui alunos, não só com deficiência motora, mas também com outros tipos de necessidades especiais.

Tem até competidor internacional e com boa posição no ranking. É o aluno Bruno Makey, que jogou tênis dos 8 aos 15 anos e , depois, o tênis voltou para a vida dele como forma de reabilitação, quando ele se tornou cadeirante. “No início, eu entrei como reabilitação. Só que foi ficando sério e, hoje, eu estou na competição, faço oito torneios anuais. Em outubro agora, vou passar 15 dias fora, vou fazer três torneios seguidos. Vou para a Argentina, depois volto para Florianópolis. Hoje, eu sou o décimo no ranking nacional. O primeiro de Goiás, e 158º do mundo”, relata o atleta.

Veja também:

DESTAQUE_ATITUDE_CRISTA_2015_08_21_004A aula de expressão corporal ajuda na evolução psicomotora. “É um lugar onde eles podem se movimentar e ter o trabalho de se movimentar em grupo. De fazer brincadeiras, se divertir”, explica a educadora Bruna Franco.

Atitude cristã é acreditar e fazer o bem. Benefício para quem faz e para quem recebe. “Faço natação, capoeira, tênis de campo e de mesa. Gosto muito daqui, quando eu crescer mais, vou trabalhar aqui”, afirma o aluno Ícaro Brito Costa.

A educadora física Lorrayne Paula de Souza Lemos conta que a turma da natação está treinando para competir, mas cada um no seu limite: “Nos importamos muito com a questão da inclusão, mas para diferenciar no treino, cada um vai no seu ritmo, na sua limitação. Trabalhamos individualizado, então fazemos as correções individuais”.

O aluno Alexandre Guimarães atravessou uma piscina de 25 metros em poucos segundos. Ele conta que treina desde pequeno. “Vou competir fora”, projeta.

Também tem natação para quem ainda está começando. “Colocamos mais brincadeiras do que a natação em si, pois ela passa a ser mais adaptação do que natação”, explica a educadora Morgana Graciele Rocha.

DESTAQUE_ATITUDE_CRISTA_2015_08_21_002O publicitário Thiago Machado Melo entrou de cabeça no projeto por causa do filho, que tem autismo. Para ele, tudo isso só melhora cada vez mais, pois está apoiado no bem. “É gratificante para gente estar aqui trabalhando e lutando todos os dias para que o projeto possa atingir níveis mais altos”, diz.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno