Notícias

A certeza de que o caminho é servir ao Pai Eterno

Ir. Simone Jacoby, da Copiosa Redenção, é um exemplo de quem optou em seguir a vida a serviço da Igreja.

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_2015_08_25_004Nesta última semana do Mês das Vocações, o quadro Em Nome da Vida traz exemplos de histórias em que o chamado do Pai Eterno foi decisivo e mudou completamente a vida de quem optou por seguir a serviço da Igreja. Na edição desta terça-feira, 25, Ir. Simone Jacoby, da Congregação da Copiosa Redenção, conta como foi sua trajetória de vida religiosa. (Assista ao vídeo abaixo)

Nas lembranças da infância, ela guarda recordações de uma vida marcada pela fé, sempre na presença do Divino Pai Eterno. “Em casa, eu já convivia com a devoção ao Divino Pai Eterno. A minha mãe acompanhava as Novenas desde que começaram pela TV, e sempre convidava todos nós da casa para assistir. Confesso que eu não assistia muito, mas eu via minha mãe falar. Era algo do meu conhecimento”, lembra Ir. Simone.

A religiosa conta que cresceu em berço religioso: “A minha família é toda católica e desde pequenos fomos criados dentro da Igreja, participando. Eles não são muito ativos, mas eu desde sempre já fui de participar, de catequese, enfim, as demais pastorais, e cresci em uma família religiosa”.

Com o passar dos anos, sempre ajudando na Igreja de alguma forma, a vocação foi ficando mais aparente. Servir ao próximo se tornava um prazer, até que o chamado do Pai Eterno foi mais forte na vida dela. “Uma colega me convidou para um retiro que eu nem sabia o que era, apenas disse sim, que iria. Quando eu cheguei lá, era um retiro vocacional. Eu tinha 15 anos. Eu disse: ‘Meus Deus, o que estou fazendo aqui? Já sei o que eu quero: vou me casar’. E eu disse para ela que iria embora, mas ela quis que eu ficasse, pois eram só dois dias. Enfim, terminou o retiro, eu estava ansiosa para ir embora, mas ali ficou uma semente. Os dias foram passando, eu fiquei refletindo sobre tudo aquilo que foi falado, aquilo que as irmãs colocaram, e elas começaram a me chamar para ficar mais próxima, para fazer visitas. E eu, pela primeira vez, fui pensando realmente na possibilidade de seguir uma vida religiosa. A partir daí, Deus foi trabalhando”, relata.

Veja também:

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_2015_08_25_001O chamado de Deus estava claro para Ir. Simone e uma certeza já enchia o seu coração: dedicar a sua vida totalmente a Deus. Ela conta que o começo não foi fácil, mas depois tudo se acertou. “A família é fundamental e, no começo, a minha ficou um pouco assustada, não concordavam, achavam que era uma coisa só da minha cabeça, que eu estava sendo radical. Enfim, quando eles perceberam que realmente era aquilo que eu queria, eu passei a ter o apoio da minha família toda, que até hoje é bem presente, graças a Deus, na minha vocação, no meu chamado”, conta a irmã.

A rotina mudou completamente. Ela se lembra de como era a vida dela antes de ir para o convento. “Era uma adolescente, uma jovem normal, que estudava, saía, tinha amigos, mas eu tinha esse diferencial, uma participação ativa na comunidade, desde sempre, nas pastorais, ajudando naquilo que me era solicitado dentro da Igreja”, lembra.

São cinco anos na Congregação da Copiosa Redenção. Tempo de muito trabalho e dedicação ao próximo. “A nossa missão aqui é junto aos filhos do Pai Eterno através da Afipe. Nós ajudamos no setor de correspondências cuidado dos cadastros, enfim e também no Santuário do Santíssimo Redentor, através das pastorais, música”, explica Ir. Simone.

Uma vida marcada pelo amor ao próximo. Ir. Simone ainda está no período de formação e deve fazer os votos perpétuos dentro de cinco anos. Natural de Teixeira Soares, interior do Paraná, ela já passou por São Paulo, Curitiba e há um ano e meio está em Trindade (GO). Ficar ainda mais próxima do Divino Pai Eterno é uma realização. “Ele é aquilo que age e que faz as coisas acontecerem. Então, o Divino Pai Eterno é, sem dúvida, tudo na minha vida”, conclui.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store