Notícias

Uma história de fé e graça alcançada

Devotas de Gramado (RS) acompanham missas e novenas pela programação da TV e só têm a agradecer ao Pai.

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_2015_09_22_002O quadro Em Nome da Vida, exibido no Programa Pai Eterno desta terça-feira, 22, contou a história de fé de duas devotas que moram em Gramado (RS): Iraci Pascoal e Irani Balzareti. Recentemente as irmãs estiveram em Trindade (GO) para agradecer pela vida e saúde de Iraci, que se curou de um câncer há três anos. (Assista ao vídeo abaixo)

Pela TV, elas estão sempre em comunhão com a devoção ao Divino Pai Eterno. De casa, elas estão sempre atentas às novenas, missas e toda a programação de orações. “’Divino Pai Eterno’, eu ouvi pela primeira vez quando meu marido me perguntou se eu já tinha visto na RedeVida, a novena do Pai Eterno. Eu disse que nunca tinha visto, e ele me disse que faria a novena. Desde então, ele assiste e faz”, contou Irani.

Já Iraci contou que desde a primeira vez que assistiu a missa, se sentiu bem e não deixou mais de assistir: “Em um sábado, mudando de canal, vi a missa e aquilo me tocou. A gente está sentada aqui, mas o que o padre diz lá na TV é para gente também”.

Há cerca de três anos, Iraci descobriu que estava com câncer, um momento difícil e doloroso. “Foi uma viagem que fiz lá para Marrocos. Quando subi no camelo, e quando ele levantou, ele caiu com força e ali me machucou, mas eu não senti nada. Aí voltamos para Gramado e eu não consegui mais caminhar. Daí começou meu calvário. Fiz todos os exames, e foi constatado um câncer no osso”, relatou.

Veja também:

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_2015_09_22_006Ela começou o tratamento quimioterápico e foi rezando, pedindo as bênçãos do Pai Eterno, que Iraci alcançou uma grande graça. “Comecei a fazer os exames de 15 em 15 dias, não tinha mais nada, passou um mês e não tinha mais nada, depois de três meses não tinha mais nada”, lembrou Iraci.

Depois de um longo tratamento e uma graça alcançada através da fé e da oração, Iraci está curada. Foi em Trindade, ao lado da irmã Irani, que ela foi agradecer ao Divino Pai Eterno. Segundo Irani, lá elas sentiram ainda mais a presença de Deus. “Ela não pode ficar muito tempo de pé e como a gente não conseguia um lugar para sentar, nós rodamos pela igreja de um lado para o outro, procurando um cantinho para sentar. E eu pedi, sinceramente, ao Pai Eterno, um lugar para que ela conseguisse sentar. Foi tão instantâneo, um senhor que estava na ponta do banco, olhou para o lado, levantou e deu o lugar para ela. Então, isso foi muito emocionante”, lembrou a irmã de Iraci.

Sobre estar na Casa do Pai, a devota Iraci trouxe boas lembranças. “Trindade foi muito lindo. Eu sempre digo que Deus nos conduziu até lá”, disse.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno