Evangelização

Você sabe a diferença entre o diácono transitório e o permanente?

O diácono permanente da Arquidiocese de Goiânia, José Ronaldo Leite, fala sobre a diferença. Confira!

DESTAQUE_VOCE_SABIA_2016_09_01_001A vocação diaconal é um dom da igreja a serviço da comunidade. O quadro Você Sabia, exibido no Programa Pai Eterno desta quinta-feira, 1º de setembro, mostrou que são dois os tipos de diáconos: o transitório e o permanente. O diácono permanente da Arquidiocese de Goiânia, José Ronaldo Leite, falou sobre a diferença. (Assista ao vídeo abaixo)

“O diácono transitório é o diácono de carreira, aquele que está se preparando para o sacerdócio, para se tornar padre. O diácono permanente é o diácono casado, que uma vez a esposa liberando por uma carta escrita de próprio punho, ele fica liberado para servir a Igreja. Ele ficando viúvo, não pode mais casar. Ele tem a possibilidade de ser ordenado padre”, explicou José Ronaldo.

O diaconato nos remonta ao início do ministério da Igreja. “O diaconato já existe desde a nossa Igreja primitiva, quando os discípulos ouviram a aclamação do povo. Então, ele pediu que escolhesse entre eles, sete homens de boa índole para que pudesse ser ordenado a serviço da Igreja, da caridade. Foi aí que surgiu o diaconato”, relatou o diácono.

Veja também:

DESTAQUE_VOCE_SABIA_2016_09_01_002Um diácono não substitui o padre. José Ronaldo ressaltou que é outra vocação e cheia de atribuições: “O diácono permanente está a serviço do bispo, do altar, da Palavra, Evangelho e da caridade, que é o trabalho social da igreja, como levar a Eucaristia aos doentes”.

A missão diaconal é essencialmente servir. Quem quer viver essa vocação, tem que ter a plena consciência do desafio que é se dividir entre a vida familiar, profissional e eclesial. Tem que ter muita vontade e fé. “A pessoa que sente essa vocação, essa vontade de servir a Igreja com o ministério ordenado, fará primeiro um vestibular, depois de dois anos cursando Teologia, e se de fato, tiver esse desejo, passa para a escola diaconal e passa a ser acompanhado”, concluiu José Ronaldo.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno