Catequese

Viva São João!

Confira entrevista especial com Pe. Marco Aurélio M. da Silva sobre o anunciador da Palavra de Deus

Nesta segunda-feira, 24, a Igreja Católica celebra São João Batista. Em entrevista especial, Pe. Marco Aurélio M. da Silva, presidente da Vila São Cottolengo e pároco do Santuário Basílica Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, fala sobre a história de vida e o legado deixado pelo santo, que foi um grande anunciador da Palavra de Deus à humanidade.

Quem foi São João?

Pe. Marco Aurélio: São João Batista foi um grande homem da Igreja, um grande personagem bíblico, um profeta, o último profeta do Antigo Testamento. Ele abre o caminho para Jesus Cristo. Ele foi o precursor. Nascido de Izabel e Zacarias, este homem celebrou o protagonismo do reino. Ele preparou o caminho para Jesus Cristo. Vivia no deserto, comia gafanhotos, se revestia com peles de cordeiros. Era um homem simples, que assumiu a missão de anunciar o Reino. Ele dizia: ‘O tempo está chegando, o machado está colocado na raiz. Convertam-se e creiam no Evangelho’. O anúncio de João Batista era o anúncio de conversão. Ele convocava a pessoa à vivência do Reino. Ele preparou o caminho para que, de verdade, Jesus pudesse encontrar na humanidade um caminho seguro. Que as pessoas, ao ouvirem a Palavra de Jesus, pudessem enfim, assumir a responsabilidade para com o Reino, a notícia boa enviada pelo Pai Eterno.

Qual foi a grande lição que São João Batista deixou para todos nós?

São João viveu plenamente a entrega para o reino. A humildade é a palavra de ordem para São João Batista. Primeiro, porque ele sabia do seu lugar. Embora a sua sabedoria, sua inteligência, protagonismo, ele sabia que ele era apenas um anunciador. Chegaria o momento que iria findar a sua missão de propagador, sua missão de preparar o caminho de Jesus para abrir as portas para a chegada do Salvador Jesus Cristo. São João Batista, portanto, aponta Jesus para os seus discípulos, para a humanidade, e diz: ‘Aqui está o Messias, o Salvador’.

Tem uma citação bíblica que diz: “Em verdade, eu vos digo: Dentre os que nasceram de mulher, não surgiu ninguém maior que João Batista”. São palavras do livro de Mateus. O que elas querem dizer?  

São João Batista foi um grande profeta e esta Palavra realmente revela o seu profetismo, a sua missão. São João Batista era primo de Jesus, o seu parentesco com Jesus, já revela uma proximidade, uma intensidade tanto com a sua família, seus pais e com os pais de Jesus, como com o próprio Jesus. E Jesus, com João Batista, promoveu o encontro com sua mãe desde o ventre. Nós nos lembramos quando Maria foi visitar sua parenta Izabel e João Batista estava no ventre de sua mãe e a alegria de receber aquele que é motivo da nossa salvação.  João Batista é este homem que revela a grandeza do reino e assume essa missão com veemência e responsabilidade.

No Brasil inteiro, de forma especial no nordeste, nesta época do ano temos as festas juninas, onde aparecem com muita devoção. As pessoas são devotas de São João, São Pedro e Santo Antônio. Qual é a relação dos santos com essas festas, principalmente nas paróquias.

Na verdade, celebramos porque são festas celebradas no mês de junho. São João Batista é o único santo da Igreja que nós celebramos a sua natividade. Todos os outros há uma tradição na Igreja de celebrar a morte. Então, o dia da morte, o dia do martírio, é o dia em que celebramos o santo. São João Batista celebramos neste dia 24 de junho, portanto celebramos o seu nascimento. No dia 29 de agosto, o seu martírio. Ele faz parte do calendário folclórico, do calendário junino das pessoas, do Brasil de modo particular, que celebra essas festas com tantas crendices, lendas, que as pessoas criaram em torno de santos. Enfim, são tantas crendices que fazem parte deste momento gostoso, bonito, que é o tempo junino.

Como podemos viver como João Batista no nosso dia a dia?

Podemos viver São João Batista vivendo plenamente a entrega para o Evangelho, a entrega para o Reino. Um homem que não teve limites para anunciar o amor, a esperança que viria pelo coração de Jesus. São João Batista nos ensina a proximidade de Jesus Cristo, a acolher o Messias como fundamento, razão da nossa existência e, é assim que nós cristãos devemos viver. Jesus Cristo é o alfa e o ômega. É o princípio e o fim, é a razão de ser da nossa humanidade. São João Batista anuncia com essa responsabilidade como a humanidade inteira. Nós cristãos somos chamados a experimentar Jesus, conhecer Jesus e anunciá-lo a todas as pessoas, fazer com que essa mensagem alcance o coração, principalmente dos caídos, pequeninos, daqueles que estão às margens da sociedade. Jesus Cristo, São João Batista pregaram o Evangelho para aqueles que não tinham voz, vez, não eram ouvidos, pregar o Evangelho para aqueles que realmente estavam caídos. Levantaram aqueles que estavam caídos com a Palavra de Salvação que vem do Pai Eterno. Celebramos hoje São João Batista com a intensidade da fé, celebrando a nossa entrega. Lembrando que João Batista foi aquele que batizou Jesus, portanto que ele renove seu Batismo, sua fé, renove seu entusiasmo na participação da Igreja, renove a sua pertence esta comunidade eclesial.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno









Newsletter