Notícias

Desfile reúne cerca de 400 carros de boi em Trindade

Um dos pontos mais altos da Romaria, a tradição é reconhecida como Patrimônio Cultural Brasileiro

O tradicional Desfile dos Carros de Boi aconteceu na manhã desta quinta-feira, 4, sétimo dia da Romaria do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO). Cerca de 400 carros de boi passaram pela rua lateral da Igreja Matriz, onde o pároco Pe. João Bosco de Deus abençoou os carreiros e os animais. As comitivas seguiram em desfile até o Carreiródromo da cidade.

Devota do Divino Pai Eterno desde a infância, Rozita Martins Amaral, de Nova Serrana (MG), esteve no desfile por um motivo especial: “Meu pai tinha uma vontade muito grande de vir assistir ao desfile aqui em Trindade. Ele fez aniversário no mês passado e eu e meu irmão o presenteamos com a viagem. Ele já veio duas vezes aqui, porém em outra data, fora da Festa. Ele sempre acompanha tudo pela televisão, assiste missas, novenas. A família é toda devota do Pai Eterno e estamos aqui agradecendo, mas pedindo também para que Ele continue nos abençoando”, contou.

O pai de Rosita é o Cândido Martins Filho, 86 anos. Emocionado, ele lembrou o tempo em que foi carreiro em Minas Gerais: “Graças a Deus eu estou aqui na Festa de Trindade. Não tinha presente melhor para eu ganhar. Eu fui carreiro quando mais novo, meu pai era carreiro e meu avô também. Eu gosto demais de carro de boi, já construí alguns, desde criança eu gosto muito desta tradição. Passei por uma cirurgia grave, e o Pai Eterno me deu a graça de estar bem e aqui. Sou muito grato por isso!”.

Quem também se emocionou e ficou nostálgica ao assistir ao desfile dos carros de boi foi a romeira Hozana Soares Vieira, de Goiânia (GO). “Minha família inteira é de Piracanjuba (GO) e estão todos aqui, alguns desfilando e outros assistindo. Todos os anos a gente vem e eu sempre choro quando vejo os carreiros, ouço o barulho dos carros. Meu bisavô, meu avô, meu pai eram carreiros. Então, eu me emociono muito, a saudade é grande demais. É como se eles estivessem aqui também”, declarou.

A emoção para quem assiste é grande, e para quem participa, faz de tudo para manter viva a tradição, é ainda maior. De Morrinhos (GO), veio o carreiro José Orlando Machado. Este é oitavo ano que ele participa do desfile.  “Viemos em dez carros de boi, 25 pessoas. A cada ano que passa a comitiva é maior, vem mais gente. Eu acompanho a devoção ao Pai Eterno há mais de 15 anos. Enquanto Deus me der vida, estarei aqui com fé e muito amor”, afirmou.

Com 11 anos de idade, a carreira Bárbara Letícia Cavalcante de Paula participa do desfile desde os dois primeiros anos de vida. “Venho com os meus tios lá de Cromínia (GO). Eu gosto muito de vir participar todos os anos, acho legal, e rezo todos os dias para o Divino Pai Eterno abençoar a minha família. Ano que vem estarei aqui de novo”, disse.

Patrimônio Cultural Brasileiro

Em 2017, o Desfile dos Carros de Boi foi reconhecido oficialmente como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Estudos realizados comprovaram a força e a continuidade da tradição que resistiu ao tempo e relembra a maneira com que o povo simples participava da Festa do Pai Eterno no início da devoção.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store