Notícias

Ações paroquiais ajudam pessoas carentes em Goiânia

Comunidade em situação de rua e mais necessitados recebem ajuda do Santuário Basílica Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e Afipe

Há mais de três anos o Wilson Oliveira Neto, 53 anos, chega todos os dias bem cedinho à Casa Santo Afonso, no setor Campinas, em Goiânia (GO), para o café da manhã. Ele é natural da Bahia e veio para a capital goiana em busca de um emprego e uma vida melhor. Infelizmente, segundo ele, os planos não deram certo. “Eu vivo em situação de rua, mas também tenho apoio em casas de acolhida, onde eu posso dormir. Aqui eu tomo café da manhã e encontro forças para enfrentar mais um dia. Luto conta o vício do álcool. Perdi casa, carro, esposa, filhos, saí da minha cidade envergonhado, mas quero muito ter uma vida melhor”, relatou.

Já o Fernando Michael, 30 anos, vive em Goiânia há um mês. Ele veio de Brasília (DF) também em busca de emprego, ainda não encontrou, mas na Casa Santo Afonso ele encontra todos os dias carinho e atenção. Para ele, é o melhor café da manhã do mundo. “A gente vive com muita dificuldade e quando chegamos na Casa encontramos amor, carinho, sorrisos. As pessoas que trabalham aqui recebem a gente muito bem”, afirmou.

A Casa Santo Afonso é um dos seguimentos da Pastoral de Rua, projeto apoiado pelo Santuário Basílica Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, a Igreja Matriz de Campinas. A Márcia Divina, diarista, é uma das fundadoras da Casa e, segundo ela, a vontade de ajudar moradores de rua sempre existiu no seu coração. “Eu sou da paróquia há 47 anos e sempre ajudei em serviços sociais, mas tem um tempo que estou me dedicando mais à Pastoral de Rua. É uma experiência muito boa. Eles ficam muito agradecidos pelo café da manhã. Muitos não têm nada para comer mesmo, dormem na rua, passam fome, frio, sede e nós estamos aqui para ajudar”, comentou.

O Nelson Antônio também é um dos fundadores e é o coordenador da Casa. Para ele, não existe recompensa maior que a amizade e o sorriso dos ajudados. “Eles não têm roupas, não têm boa aparência, não são limpos, mas são seres humanos, têm coração e são nossos irmãos. E a Igreja existe para ajudar. Ajudar ao próximo é principal princípio da Igreja e se não fosse ela não seria possível realizarmos este trabalho que beneficia tanta gente. A cada dia que passa eu aprendo mais com eles, todos os dias é uma lição diferente. Eles não tem nada, e muitas vezes tem muito mais que muitas pessoas que tem tudo do bom o do melhor”

A Pastoral de Rua tem também a colaboração da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), por meio das Obras Sociais Redentoristas. Além do café da manhã, a Pastoral também distribui jantar diariamente, faz visitas em casas de pessoas carentes. Aos domingos é servido um café da manhã especial em frente ao Parque Mutirama, na região central de Goiânia. Ao todo, mais de 1,5 mil atendimentos são realizados por mês pela Pastoral de Rua. Quem precisa tem o apoio, e você, associado à Afipe tem participação nesta missão. A você, o nosso agradecimento!

Centro de Assistência Social de Campinas – CASC

Nesta quinta-feira, 22, foi dia de entrega de cesta básica no CASC, unidade que também tem o apoio do Santuário Basílica Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Mais de 50 cestas foram distribuídas. A ação é realizada mensalmente e ajuda muitas famílias. “É uma alegria poder colaborar com a vida de vocês. Rezamos e pedimos a Deus para que Ele fortaleça vocês, para que tenham fé, força e para que acreditem que Deus transforma nossa realidade”, afirmou Ir. Michael Goulart ao abrir o momento de oração antes da entrega das cestas.

Mãe de quatro filhos e entre eles uma que tem deficiência, Cláudia Gonçalves, conta com a ajuda do CASC todos os meses. “Eu não posso trabalhar porque ela depende de mim para tudo. Então, as coisas não são fáceis. Por isso, essa ajuda que tenho aqui é muito importante, faz toda a diferença nas nossas vidas”, disse agradecida.

O CASC também recebe o apoio da Afipe por meio das Obras Sociais Redentoristas. Além da distribuição de cestas, o CASC oferece vários benefícios como curso para gestantes, oficinas e cursos profissionalizantes para a comunidade. Se você ainda não é associado à Afipe está convidado a fazer parte desta família, contribuir com as Obras Sociais e ajudar os irmãos mais necessitados.


Lívia Máximo


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno









Newsletter