Notícias

Santuário Sagrada Família: uma nova Basílica em Goiânia (GO)

O que é preciso para que uma igreja receba o título? Saiba mais!

Nesta terça-feira, 29, o Santuário Sagrada Família, localizado na Vila Canaã, em Goiânia (GO), foi elevado ao título de Basílica. A Missa Solene foi presidia pelo arcebispo de Goiânia, Dom Washington Cruz e contou com a presença de Missionários Redentoristas, membros da comunidade paroquial, bem como de autoridades do governo municipal e estadual.

“Estamos com o coração cheio de alegria em celebrar esta conquista no dia de hoje, a Festa dos Santos e Arcanjos. Que esta igreja cresça em templo espiritual e progrida no amor que o Espírito Santo derruba em nossos corações. Estamos profundamente agradecidos a Deus, pois apenas em um mês a Arquidiocese recebeu dois presentes enviados pelo Papa. No mês passado a Santa Casa ganhou do Vaticano instrumentos para atender pacientes com covid-19. E, hoje, estamos elevando este Santuário à condição de Basílica. Que seja um grande sinal da Igreja viva, caridosa, orante, jovial e atuante. Que seja um sinal ainda mais visível a apontar para o Reino, que ela se instale em nossos corações como luzeiro a anunciar e fazer brilhar o amor de Deus em cada família que por aqui passar, por toda a nossa Arquidiocese, por Goiás e por todo no nosso Brasil”, afirmou o arcebispo durante a celebração.

Um templo religioso recebe o título de Basílica devido à importância espiritual e histórica. Quem concede é o Papa ou a Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos. Geralmente, são santuários e catedrais que recebem um grande número de fiéis atuantes. Honrado com o título concedido à igreja, Pe. Rodrigo de Castro, reitor do Santuário Basílica Sagrada Família, comemorou: “É um sentimento de muita gratidão a Deus pelo reconhecimento da Igreja que os padres, os leigos e as pastorais desta comunidade fazem. É uma igreja que fica aberta 24 horas em oração, em adoração ao Santíssimo. Então, é uma gratidão muito grande, uma emoção e não somente pelo título, mas, pelo reconhecimento. Foram sete meses de preparação desde fevereiro, quando o Papa nos concedeu o título. Estávamos esperando desde outubro de 2018 e o recebemos com grande alegria. Que este Santuário possa expressar a fé católica para todo o povo de Deus”.

Como sinais visíveis do novo título, o, agora, Santuário Basílica Sagrada Família recebeu as insígnias papais: a Umbela, uma espécie de guarda-sol, sempre semi-fechado, com listras em ouro e vermelho, as cores do pontificado; e o Tintinábulo, estandarte com pequenos sinos que, na Idade Média, tinham a função de anunciar ao povo de Roma a proximidade do Papa durante as procissões.

Basílica Maior e Basílica Menor

A Igreja Católica classifica as basílicas em dois grupos: as maiores e as menores. No mundo há apenas seis maiores, quatro ficam na cidade de Roma e duas em Assis, todas na Itália. São elas as de São Pedro, Santa Maria Maior, São Paulo Fora dos Muros, São João de Latrão, Basílica de São Francisco de Assis e Basílica de Santa Maria dos Anjos. Já as basílicas menores, são mais de mil e quinhentas em todo o mundo. Aqui no Brasil existem cerca de setenta, em Goiás agora são três: Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO); Santuário Basílica de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e Santuário Basílica Sagrada Família, em Goiânia (GO).

No sentido da fé católica, as basílicas são templos cuja riqueza espiritual é imensurável. A concessão desse título permite ainda conceder a indulgência plenária aos fiéis, em datas específicas para cada Basílica. Por isso, inúmeras demonstrações de fé são vivenciadas pelos devotos de todo o mundo ao frequentar alguma das milhares espalhadas pelo mundo.

Fotos: Danilo Eduardo

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store