Catequese

Você vivencia o verdadeiro sentido do Natal?

É tempo de esperar e celebrar o nascimento do Menino Jesus. Ele sim representa a essência natalina

No dia 25 de dezembro Deus se revela em seu Filho Jesus por amor aos homens e muda o rumo da história dos cristãos. “Eis que a Virgem conceberá e dará à luz um filho, que se chamará Emanuel, que significa: Deus conosco” (Mt 1,23). A passagem bíblica apresenta o verdadeiro sentido do Natal: o nascimento de Jesus Cristo. Aquele que vem mostrar o caminho, a verdade e a vida. É o resgate e a salvação da humanidade.

O Salvador nasce pobre, em uma gruta fria de Belém e é posto em uma manjedoura. Um momento marcante que convida os fiéis a descobrirem o Pai Eterno nas coisas simples. Uma forma de experimentar o desapego para viver a essência do amor. Afinal, é Jesus que nasce no coração de cada um que crê.

Em suas palavras Papa Francisco ressalta o verdadeiro sentido do Natal para os cristãos: “Nestes dias abramos a mente e o coração para acolher esta graça. Jesus é o dom de Deus para nós e, se O acolhemos, também nós podemos nos tornar dom para os outros – ser dom de Deus para os outros – antes de tudo para aqueles que nunca experimentaram atenção e ternura. Mas quanta gente na própria vida nunca experimentou uma carícia, uma atenção de amor, um gesto de ternura…O Natal nos impele a fazê-lo. Assim Jesus vem nascer ainda na vida de cada um de nós e, através de nós, continua a ser dom de salvação para os pequenos e os excluídos”.

Católico desde a infância, José Filho faz questão de vivenciar o mês de dezembro em oração à espera da grande noite de celebração pelo nascimento de Jesus Cristo. “É claro que sempre reunimos a família, tem muita comida boa, trocamos presente, fazemos amigo secreto, tem Papai Noel para as crianças, mas eu sempre digo para todos que é um tempo de oração, reflexão para que Jesus renasça em nossos corações. Neste ano, em especial, acredito que temos que rezar ainda mais. Não foi um ano fácil, muitas perdas, morte com essa pandemia. O mundo precisa conhecer o ter no coração a fé, o amor de Jesus, que morreu por nós”, pontua.

 

 

Fonte: Afipe

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno