Apoio Espiritual

São João Paulo II, rogai por nós!

Vamos celebrar o Papa que deixou legado de fé, coragem e determinação. Sua trajetória de amor inspira a todos nós

A mensagem de amor ao Pai Eterno e ao próximo, propagada por São João Paulo II continua viva em nossos corações. Hoje, dia 22 de outubro, é o dia dele, santo contemporâneo, que teve como missão, liderar a Igreja Católica por quase 27 anos.  Foi o papa que teve o terceiro maior pontificado da história, iniciado em 1978 e encerrado em 2005.  A trajetória de vida de Karol Jozef Woytjla, seu nome de batismo, foi marcada por muita fé, coragem e determinação. Isso foi essencial para a sua canonização e popularidade até os dias de hoje.

O dia de São João Paulo II coincide com o início de seu ministério. Karol Woytjla começou o seu pontificado no dia 22 de outubro, ocasião em que proferiu uma de suas mais famosas frases: “Não, não tenhais medo! Antes, procurai abrir, melhor, escancarar as portas a Cristo”. Durante os anos que se seguiram, passou por intensas atividades. Entre elas, concluiu a redação do Código de Direito Canônico, reformulado com base no Concílio Vaticano II, e a redação e promulgação do Catecismo da Igreja Católica (CIC). Conhecido por sua personalidade comunicativa, ele logo cativou corações por todo mundo. Realizou 104 viagens internacionais, 146 na Itália e visitou 129 países nos cinco continentes. Ficou conhecido como o Papa peregrino.

Entre um dos fatos mais difíceis de sua vida, em 13 de maio de 1981, São João Paulo II sofreu um atentado que marcou a história. Foi atingido por um tiro, enquanto se deslocava para a Praça São Pedro, no papamóvel. Ele percorria a Praça com a presença de 40 mil fiéis, quando foi alvejado. O Pontífice caiu nos braços do secretário e amigo, Dom Stanislaw Dziwisz, soltando um gemido de dor. A sua veste branca ficou manchada de vermelho à altura do abdômen.

A roupa, exatamente como ficou, completamente suja de sangue, está exposta no Santuário de São João Paulo II, na Cracóvia, Polônia. Depois da recuperação, o Pontífice atribuiu à Nossa Senhora de Fátima o grande milagre de ter escapado da morte. Meses depois, praticou um dos ensinamentos de Cristo e deixou mais um exemplo ao mundo, quando decidiu visitar e perdoar, na prisão, o homem que havia atentado contra sua vida. “A mensagem da Misericórdia que o Papa João Paulo levou para todas as pessoas do mundo, durante todo o seu pontificado, foi marcada pelo sangue derramado”, ressaltou o Pe. Krzysztof Kraulzyk, responsável pelo Santuário do Centro João Paulo II, localizado em Cracóvia, na Polônia.

João Paulo II fez história por ter sido um grande defensor dos direitos humanos e mensageiro da fé e da paz. Trabalhou em prol do ecumenismo e tentou melhorar as relações entre o Catolicismo e as outras religiões. Com seu carisma e influência, promoveu importantes mudanças políticas. Em 02 de abril de 2005, o mundo chorou com seu falecimento, aos 84 anos, no Vaticano. Ele sofria da doença de Parkinson. Devido ao legado, história e milagres reconhecidos, em 5 de julho de 2013, após o período usual de cinco anos, o Vaticano anunciou a sua santificação. Para o mundo, ele foi um professor cristão que foi fundamental na prática do bem para toda a humanidade.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.
2 Cometários
  • Cristina Angelita Vilani
    22/10/2019 - 18:25:11

    Faça um milagre acontecer em mim ena minha vida. Que eu consiga me aposentar até dezembro de 2019.

  • Marinéia
    22/10/2019 - 21:46:44

    Que sua mensagem de amor possa chegar a todos os corações endurecidos e no dia consagrado em sua homenagem, peço que olhe por nosso Brasil.

  • TV Pai Eterno

    MATÉRIAS RELACIONADAS



    Faça parte desta família

    Baixe o aplicativo Pai Eterno


    Google Play
    App Store
    © Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno