Redentoristas

Papa promulga Constituição Apostólica Praedicate Evangelium

Documento entra em vigor em 5 de junho

O Papa Francisco promulgou no último sábado (19/03) a nova Constituição Apostólica sobre a Cúria Romana e seu serviço à Igreja e ao mundo. A Praedicate evangelium entrará em vigor no dia 5 de junho, durante a solenidade de Pentecostes.

O documento, com 250 itens, é fruto de longo processo de escuta, iniciado com as Congregações Gerais que antecederam o Conclave de 2013. A nova Constituição substitui a Pastor Bonus, de João Paulo II, promulgada em 28 de junho de 1988 e que está em vigor desde 1º de março de 1989.

O documento envolveu o Conselho dos Cardeais, com reuniões de outubro de 2013 a fevereiro passado, e continuou sob a orientação do Papa, com contribuições de igrejas de todo o mundo.

Uma parte fundamental do texto é a que se refere aos princípios gerais e que lembra, no início, que todo cristão é discípulo missionário. Especifica que todos – e portanto fiéis leigos e leigas – podem ser nomeados em funções de governo da Cúria Romana, em virtude do poder vicário do sucessor de Pedro: “Todo cristão, em virtude do batismo, é um discípulo-missionário, na medida em que encontrou o amor de Deus em Cristo Jesus. Não se pode ignorar isso na atualização da Cúria, cuja reforma, portanto, deve incluir o envolvimento de leigas e leigos também em papéis de governança e responsabilidade”.

Entre outras inovações significativas está a unificação do Dicastério para a Evangelização, da precedente Congregação para a Evangelização dos Povos, e do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização: os dois chefes de dicastério se tornam pró-prefeitos, porque a prefeitura é reservada ao Papa. A Constituição diz que o Dicastério para a Evangelização é presidido diretamente pelo pontífice. O Dicastério é formado pelos departamentos do governo da Igreja Católica que compõem a Cúria Romana.

Fonte: Agência Brasil com informações do Vatican News


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno