Cursos profissionalizantes oferecem capacitação e melhoria de vida

Os coordenadores administrativos das Obras falaram sobre o trabalho realizado com o apoio da Afipe.

DESTAQUE_ENTREVISTA_2016_04_25_004O Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 25, exibiu entrevista sobre os cursos profissionalizantes oferecidos pelas Obras Sociais Redentoristas, que recebem o apoio da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe). Os coordenadores administrativos das Obras, Rose Vasconcelos e Carlos Edézio Hart falaram sobre o trabalho realizado com o objetivo de melhorar a qualidade de vida de várias famílias. (Assista ao vídeo abaixo)

Talíta Carvalho: Sabemos que esses cursos ajudam milhares de famílias, que são pessoas carentes, a se inserirem no mercado de trabalho novamente. Como as Obras Sociais Redentoristas trabalham essa questão?

Rose Vasconcelos: As Obras sempre tiveram a preocupação em trazer profissionais para profissionalizar as pessoas carentes da comunidade, não só os pais de crianças, mas também de toda a região de Trindade. Procuramos atender essas pessoas para que elas possam não só se profissionalizar no mercado de trabalho, mas também na vida pessoal.

Talíta Carvalho: Rose, quais são os cursos oferecidos? Quantas pessoas já foram atendidas em média até hoje?

Rose Vasconcelos: Foram oferecidas várias oficinas. O curso de informática básica; o curso de cabeleireiro, que foi muito bem aceito por toda a comunidade; o curso de corte e costura. Foram atendidas por volta de 100 pessoas, que se certificaram e seguiram para o mercado de trabalho.

Talíta Carvalho: Carlos, acompanhando de perto esse trabalho com os cursos, como você percebe que as pessoas tem recebido essa ideia, esse apoio que as Obras Sociais dão? Qual é o retorno que vocês têm?

DESTAQUE_ENTREVISTA_2016_04_25_002Carlos Edézio: Vemos que a divulgação é feita pelos próprios membros, participantes que nos buscam. Eles avisam, se comunicam, procuram quando terá matrícula, o cadastro. Então, é nisto que vemos que eles ‘compram’ esse nosso trabalho que é para eles, para integrá-los, profissionalizá-los, dar uma melhor qualidade de vida, evoluindo no trabalho. A maioria dos atendidos, pais das crianças, já tem um trabalho, uma profissão, mas com essas oficinas eles melhoram o desempenho, se estruturam melhor e dão o caminho para os seus filhos, o que é o nosso desejo.

Talíta Carvalho: Como é para você fazer parte desse projeto?

Carlos Edézio: Nós, todos os membros e colaboradores das Obras Sociais, nos sentimos um instrumento do Divino Pai Eterno na comunidade. É uma forma de além de sermos profissionais contratados pela Congregação para trabalharmos nas Obras Sociais, nós nos sentimos cada vez mais úteis e mais utilizados por Deus para fazer esse trabalho. Então, é uma realização para nós.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store