Frutos de uma boa acolhida

Assistidos e colaboradores do complexo Cespe/Cecam conquistam avanços ao participar das Obras Sociais Redentoristas.

DESTAQUE_02_01_006De beneficiada à colaboradora, Elisângela de Oliveira de Jesus iniciou suas atividades no complexo Cespe/Cecam – Centro Social Pai Eterno e Centro Educacional e Capacitação de Apoio ao Menor – ainda com 10 anos de idade, quando o espaço era conhecido como Associação Servos de Jesus. Tendo passado por todas as atividades destinadas às crianças e jovens, ela viveu muitos momentos emocionantes, se sentiu acolhida e aprendeu muitas coisas no local.

A transição para colaboradora veio mais tarde, após fazer o aprendizado, durante um ano, como auxiliar de cozinha e, assumir como cozinheira, em 2010. “Sou grata pela convivência e por poder devolver agora, em forma de prestação de serviços, todo o bem que eu recebi aqui no Cespe/Cecam”, diz.

Hoje, atuando como de auxiliar de limpeza, ela nem acredita que trabalha no local que fez tanta diferença em sua vida. “Lembro-me de quando era apenas uma assistida. Fico orgulhosa de poder oferecer às crianças um espaço limpo e confortável para que elas possam sentar e fazer suas atividades”, diz. Os três filhos da colaboradora também são beneficiados e se inscreveram para as oficinas de costura e informática.

DESTAQUE_02_01_001

Assim como Elisângela, a história de Valquíria Christina Ribeiro de Almeida também está ligada ao Cespe/Cecam. Com 50 anos, ela é professora de ensino especial há mais de 24 anos na Vila São José Bento Cottolengo. Ela conta que fica tranquila, todo dia, no trabalho porque sente que a filha, Lorena Christina Ribeiro de Almeida, 7 anos, está em boas mãos nas atividades do complexo.

Há três anos, a filha de Valquíria vem participando das atividades de literatura, contação de histórias, dança e teatro no centro. A mãe diz que a filha, antes muito tímida, agora está mais desinibida e com facilidade nos relacionamentos: “Minha filha teve grandes avanços no campo da linguagem, leitura e escrita”.

A mãe orgulha-se de ver a filha no palco. Ela se lembra com alegria que, por duas vezes, ficou muito emocionada: quando a filha dançou uma coreografia estilo country e, em dezembro passado, quando a pequena fez parte da peça de teatro sobre o Natal. “O Cespe é um lugar abençoado. É o porto seguro onde posso deixar minha filha, para trabalhar mais tranquila, até ela completar 13 anos”, enfatizou.

DESTAQUE_02_01_002

Quem também sentiu melhorias em sua vida, por ser beneficiada pelo Cespe/Cecam, é a Aline Janielly Souza Soares. Ela não se cansa de sentir orgulho das mudanças que vê acontecendo na vida do filho é a Aline Janielly Souza Soares. Com 11 anos, Felipe Souza Soares, começou a fazer judô no centro no segundo semestre de 2016, mas já apresenta bons resultados. “Meu filho está mais disciplinado, mais esperto e melhorou no condicionamento físico”, avalia. Além destes avanços, a mãe conta que o filho também fez progressos na capacidade de relacionamento interpessoal.

Complexo Cespe/Cecam

Como fruto do trabalho de evangelização dos Missionários Redentoristas da Província de Goiás, no Setor Samarah, em Trindade, em 2004, surgiu o Centro Social Pai Eterno (Cespe), uma das Obras Sociais dos Redentoristas. Mantido pela Província Redentorista de Goiás, com o apoio da Associação Filhos do Pai Eterno, o Cespe proporciona o suporte necessário a dezenas de famílias com baixo poder aquisitivo, com pais e mães que necessitam de local adequado e seguro para deixar os filhos enquanto trabalham.

DESTAQUE_02_01_003A instituição atende, atualmente, cerca de 230 crianças, de 3 e 12 anos de idade, de segunda a sexta-feira, no período em que não estão na escola, focando na assistência familiar, no desenvolvimento psicossocial e na evangelização. Também oferece acompanhamento por meio de atividades lúdico-pedagógicas, atendimentos psicológicos e odontológicos.

Desde 2014, os atendidos pelo Cespe também são contemplados com as atividades oferecidas no Centro Educacional e Capacitação de Apoio ao Menor (Cecam). O Cespe e o Cecam agora integram um único complexo com 33 colaboradores. Os centros sociais funcionam no mesmo local, que conta com uma quadra coberta de esportes, piscina, auditório e espaço apropriado para a realização das oficinas de corte e costura, informática, musica, judô, entre outras.

Conforme o coordenador pedagógico, a missão do Cecam é a prevenção ao uso de drogas, sendo para os jovens a mediação de uma educação preventiva, por meio da conscientização, cultivo da fé e espiritualidade, a fim de despertar os valores humanos. O Cecam atende cerca de 600 pessoas, a partir de 13 anos de idade, atingindo também o público jovem, adulto e idoso. “Por meio das atividades oferecidas, os assistidos vivenciam mais práticas de fé, amor e solidariedade”, explica Naclayton.

Segundo o coordenador pedagógico das Obras Sociais Redentoristas, Naclayton Souza, os projetos desenvolvidos pelo complexo Cespe/Cecam visam fortalecer os vínculos sociais e familiares, procurando sempre aproximar as famílias da instituição, para fortalecer a cidadania e a promoção da dignidade humana.

DESTAQUE_02_01_005Quando necessário, ressalta Naclayton, a unidade realiza encaminhamentos para demais áreas ligadas ao desenvolvimento infantil e familiar. Como atua no contraturno escolar, o espaço oferece quatro refeições diárias balanceadas. A instituição proporciona uma realidade diferente a muitas pessoas da comunidade carente da cidade e, além de oferecer aulas de pintura, artesanato, teatro e música às crianças, disponibiliza aos pais e à comunidade vizinha oficinas e cursos profissionalizantes.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno