Obra do Novo Santuário segue com trabalho intenso

No canteiro de obras, os operários se dedicam diariamente para o bom andamento da construção.

O Novo Santuário do Divino Pai Eterno está em construção em Trindade (GO) e o trabalho por lá e intenso.  No canteiro de obras, os operários se dedicam diariamente à edificação da nova igreja. A cada fase, a obra avança e mais uma etapa da estrutura é concluída. Atualmente, os profissionais estão distribuídos por áreas e se dedicam a pavimentação e concretagem de mais uma laje.

“Devido à grandiosidade da nossa obra, ela é trabalhada por setores e cada um deles está em uma fase. Um dos setores está trabalhando com a montagem de armação para laje e viga. É uma laje que está em estágio final e nos próximos dias será concretada”, explicou o engenheiro civil, Luiz Rossi Neto.

O projeto da Nova Casa do Pai foi elaborado em forma de cruz. As equipes de operários estão distribuídas por áreas e cada um se dedica a uma parte da obra. “Estamos trabalhando na pavimentação. No outro lado, já concretamos a laje. Os profissionais que trabalham no pavimento são armador, carpinteiro, ajudantes. Eles fazem a preparação da estrutura que receberá o concreto nos próximos dias. A função de toda esta estrutura é sustentar o concreto até que ele adquira a resistência necessária para depois a estrutura ser retirada”, pontuou o engenheiro.

Um dos armadores que trabalham na ora é o João da Cruz Souza. Para ele, cada dia de trabalho termina com a sensação de dever cumprido. “Meu papel aqui na obra é fazer a armação com as ferragens da laje. Faço viga, pilares. É um trabalho difícil, mas no dia a dia, com a prática que já tenho não se torna tão difícil assim. É pesado, mas faz parte da vida. Eu não tinha experiência com essa parte, mas estou achando bom e também não me assusta porque sou um operário que já enfrentou várias obras pesadas de hidrelétrica, por exemplo”, contou.

Veja também:

Já o Jalles Eustáquio Mendes Gabriel é técnico em segurança do trabalho e é um dos responsáveis em garantir o uso de todos os equipamentos que evitem acidentes dentro do canteiro de obras. “Sou da equipe responsável por oferecer e cobrar o uso de todo o equipamento de segurança individual dos operários para que o mesmo possa retornar para sua casa da mesma forma como entrou na obra. Aqui ninguém trabalha sem proteção, nós cobramos o uso dos equipamentos dentro de todo o horário de trabalho”, comentou.

Trabalhando na obra há dez meses, ele afirma que a taxa de acidentes no local é zero. “Temos uma equipe de quatro técnicos de segurança, um engenheiro de segurança, mais os demais engenheiros de produção, que nos dão apoio para que possamos executar todo tipo de atividade sem nenhum tipo de acidente. Para mim, pessoalmente e profissionalmente, é muito bom poder participar desta etapa. Pretendo futuramente, quando a igreja estiver pronta, poder participar, visitar e poder falar que participei de uma etapa da nossa nova Basílica”, concluiu o técnico.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS











Newsletter