Meio Ambiente

“Todos juntos pela cura do planeta”, afirma pesquisadora

Mayara Almeida, 29, produz canudos, escova de dentes e outros produtos com bambu. A intenção é reduzir o uso do plástico.

A pesquisadora Mayara Almeida de Lima, 29 anos, tem feito sua parte para mudar a realidade quanto à preservação do Meio Ambiente. Após sua irmã mais nova apresentar algumas alergias, ela resolveu fazer vários cursos na área de saboaria artesanal e de sustentabilidade. Foi aí que começou o projeto “Dê um cheiro” e a fabricação de alguns produtos que evitam o uso do plástico. Hoje, ela comercializa alguns deles por vendas online e física, em Goiânia (GO), e até para outras cidades. Esta é mais uma reportagem especial da série sobre cuidados e preservação com o Meio Ambiente aqui no Portal Pai Eterno.

Mayara lembra como foi o início de tudo: “Eu comecei a pesquisar quais seriam os melhores princípios e propriedades naturais que poderiam ajudar a combater  as alergias da minha irmã. Então, fiz pesquisas sobre a sustentabilidade e produtos artesanais, e acabei me apaixonando por esta causa”. Outro fator que também despertou Mayara foram notícias tristes sobre animais marítimos que sofrem consequências da poluição. “Foi impactante quando vi o sofrimento das tartarugas com os canudinhos enfiados nas narinas e de todos os outros animais como baleias, golfinhos e peixes. O sofrimento deles é intenso, sem falar no efeito negativo para o homem”, disse.

Atualmente, Mayara, com a ajuda de sua mãe e irmã, produz vários produtos: “Temos canudinhos de bambu personalizados com frases sobre conscientização, escovinha de limpeza para os canudinhos, capinhas de algodão para guardar os canudinhos e as escovinhas. Também jogos de talheres de bambu, adulto e infantil, escova de dentes de bambu, paninhos de cera de sustentabilidade para substituir o papel filme de plástico, sabonete de argila e carvão, e desodorante sólido com capinhas de algodão para embalar”, pontuou.

O trabalho das três tem tido reconhecimento e chamado a atenção nas redes sociais. “Cada pessoa tem uma forma diferente de perceber o novo. A aceitação está sendo muito positiva. Alguns encantam mesmo pelos produtos e pela causa, outros demoram um pouco para entender a causa e a verdadeira proposta, mas concordam”, afirma Mayara.

Para ela, a preocupação com o Meio Ambiente deve ser de todos, e é preciso que as pessoas divulguem cada vez mais as informações. “Nossa intenção é levar a informação que ajude a despertar a consciência das pessoas em relação ao meio ambiente, principalmente ao público jovem e infantil, sobre o efeito negativo do plástico para com a natureza e os animais, mostrando que existem maneiras simples e naturais que podemos cultivar para diminuir o impacto ambiental. Hoje, os estudos mostram que a principal preocupação de biólogos e cientistas em relação ao meio ambiente é justamente o uso exagerado de resíduos e plásticos, que são descartados direta ou indiretamente na natureza provocando diferentes danos ao meio ambiente”, destaca.

Enquanto cidadã e estudiosa das causas ambientais, Mayara busca alternativas simples e, com o seu projeto, quer incentivar as pessoas para que sigam o mesmo caminho. “Procuro levar conhecimento ao maior número de pessoas e dizer que parte do dinheiro arrecadado neste trabalho é destinado ao Projeto Caminho Marinho, que ajuda a preservar as tartarugas marinhas e o uso sustentável do meio ambiente. Nosso lema é: ‘Todos juntos pela cura do planeta!’”, conclui.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store