A casa do Pai no Coração do Brasil

Na antiga região do Barro Preto, hoje Trindade (GO), a primeira capela dedicada ao Divino Pai Eterno foi construída em 1843 e era coberta com folhas de buriti.

Santuário Basílica
O Santuário Basílica do Divino Pai Eterno é a única Basílica no mundo dedicada ao
Divino Pai Eterno. Em 4 de abril de 2006, o então Papa Bento XVI concedeu o título ao
Santuário e, em 18 de novembro de 2006, se deu a instalação da Sacrossanta
Basílica.

Dom Washington Cruz C.P., arcebispo de Goiânia, enviou um pedido a Congregação
do Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos para que o até então Santuário do
Divino Pai Eterno fosse elevado à categoria de Basílica Menor. O título foi dado no ano
que marcou o Jubileu de 50 anos da Arquidiocese de Goiânia, em Goiás.

A palavra “Basílica” vem do grego: basiliké (stoá), ou seja, pórtico régio. Em Atenas
Antiga, era a residência do assim chamado arconte rei, autoridade que administrava a
Justiça. O modelo foi largamente desenvolvido pelo Império Romano, tendo as
construções de caráter multifuncional, já que abrigavam assembleias, atividades
cívicas, reuniões, além de servir como tribunais e espaços comerciais.

Era sempre um edifício grande e comprido, geralmente composto por uma nave
central, mais duas laterais e que terminava com uma ou mais absides, o recinto
semicircular ou poligonal. Quando a palavra “Basílica” aparece em escritos dos
primeiros séculos do Cristianismo, ela está sempre ligada ao lugar em que há reuniões
litúrgicas.

A Basílica é apresentada unida ao conceito de casa, a “Casa do Senhor”, lugar de
reunião dos fiéis. Assim, faz referência ao “palácio real do céu” ou ao “reino dos céus”.
A partir do século IV, a estrutura da basílica romana foi assimilada pelo Cristianismo,
por aliar o interior espaçoso para o culto cristão com a grandiosidade da religião.

Nos dias atuais, nem todas as igrejas em que se reúnem os fiéis mantêm a arquitetura
que caracterizava as basílicas antigas. O termo aplica-se a igrejas que têm esse título
por uma tradição imemorial ou, atualmente, por concessão do Papa.

Galeria de fotos

REITOR DO SANTUÁRIO BASÍLICA

PE. ROBSON DE OLIVEIRA

2019 - 2023

Nascido e criado em Trindade (GO), padre Robson de Oliveira entrou para o seminário ainda aos 14 anos e começou lá sua caminhada para ser um semeador da Palavra e do amor do Divino Pai Eterno. Tornou-se sacerdote aos 24 anos e é membro da Congregação do Santíssimo Redentor.Depois de ordenado, o Missionário Redentorista trabalhou na Pastoral Vocacional e na formação de jovens para a vida religiosa no seminário. Foi para a Irlanda e, em seguida, para Roma, onde fez mestrado em Teologia Moral pela Universidade do Vaticano. No ano de 2003, ele retornou para a sua terra natal, para assumir uma missão grandiosa: ser reitor do Santuário do Divino Pai Eterno, onde permaneceu por 11 anos. Em 2004, ele fundou a Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe) e, desde então, a devoção centenária ganhou um novo fôlego, alcançando milhões de devotos por todo o Brasil.Pe. Robson foi Superior Provincial dos Redentoristas de Goiás entre 2015 e 2019. Com o fim de seu mandato, retornou para a reitoria do Santuário Basílica de Trindade. Sua história sempre foi marcada pelo sonho de disseminar a devoção ao Divino Pai Eterno. Para que isso se tornasse possível, buscou espaço nos meios de comunicação.Diariamente, reza a Novena dos Filhos do Pai Eterno, a Novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e o Santo Terço dos Filhos do Pai Eterno, bem como celebra missas transmitidas do Santuário e exibidas, nacionalmente, pela RedeVida de Televisão, além de outras emissoras locais. No rádio, as Novenas vão ar pela Rede Difusora Pai Eterno, abrangendo diversas cidades brasileiras. O sacerdote também realiza o seu trabalho evangelizador por meio da internet, em suas páginas oficiais no Facebook (facebook.com/Pe.RobsonOliveira); Instagram (@padrerobsonoliveira); e pelo Twitter (@PadreRobson). Por meio da Afipe, da qual é presidente-fundador, Pe. Robson recebe milhares de testemunhos de conversões e graças alcançadas vindas de diversas regiões.Outro ponto forte de sua missão foi a iniciativa de levar a Visita da Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno às dioceses do País. Percorrendo diferentes localidades, Pe. Robson foi ao encontro de milhões de devotos em cerca de 180 visitas. Além disso, em 2010, lançou o CD “Nos Braços do Pai”, pela Som Livre. Com pregações e preces sobre temas que atingem o cerne da vida humana, o padre e sua equipe conquistaram o carinho de pessoas de todos os cantos do Brasil.Nascido e criado em Trindade (GO), padre Robson de Oliveira entrou para o seminário ainda aos 14 anos e começou lá sua caminhada para ser um semeador da Palavra e do amor do Divino Pai Eterno. Tornou-se sacerdote aos 24 anos e é membro da Congregação do Santíssimo Redentor.Depois de ordenado, o Missionário Redentorista trabalhou na Pastoral Vocacional e na formação de jovens para a vida religiosa no seminário. Foi para a Irlanda e, em seguida, para Roma, onde fez mestrado em Teologia Moral pela Universidade do Vaticano. No ano de 2003, ele retornou para a sua terra natal, para assumir uma missão grandiosa: ser reitor do Santuário do Divino Pai Eterno, onde permaneceu por 11 anos. Em 2004, ele fundou a Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe) e, desde então, a devoção centenária ganhou um novo fôlego, alcançando milhões de devotos por todo o Brasil.Pe. Robson foi Superior Provincial dos Redentoristas de Goiás entre 2015 e 2019. Com o fim de seu mandato, retornou para a reitoria do Santuário Basílica de Trindade. Sua história sempre foi marcada pelo sonho de disseminar a devoção ao Divino Pai Eterno. Para que isso se tornasse possível, buscou espaço nos meios de comunicação.Diariamente, reza a Novena dos Filhos do Pai Eterno, a Novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e o Santo Terço dos Filhos do Pai Eterno, bem como celebra missas transmitidas do Santuário e exibidas, nacionalmente, pela RedeVida de Televisão, além de outras emissoras locais. No rádio, as Novenas vão ar pela Rede Difusora Pai Eterno, abrangendo diversas cidades brasileiras. O sacerdote também realiza o seu trabalho evangelizador por meio da internet, em suas páginas oficiais no Facebook (facebook.com/Pe.RobsonOliveira); Instagram (@padrerobsonoliveira); e pelo Twitter (@PadreRobson). Por meio da Afipe, da qual é presidente-fundador, Pe. Robson recebe milhares de testemunhos de conversões e graças alcançadas vindas de diversas regiões.Outro ponto forte de sua missão foi a iniciativa de levar a Visita da Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno às dioceses do País. Percorrendo diferentes localidades, Pe. Robson foi ao encontro de milhões de devotos em cerca de 180 visitas. Além disso, em 2010, lançou o CD “Nos Braços do Pai”, pela Som Livre. Com pregações e preces sobre temas que atingem o cerne da vida humana, o padre e sua equipe conquistaram o carinho de pessoas de todos os cantos do Brasil.

PE. EDINÍSIO

2015 - 2019

Nascido e criado em Trindade (GO), padre Robson de Oliveira entrou para o seminário ainda aos 14 anos e começou lá sua caminhada para ser um semeador da Palavra e do amor do Divino Pai Eterno. Tornou-se sacerdote aos 24 anos e é membro da Congregação do Santíssimo Redentor.Depois de ordenado, o Missionário Redentorista trabalhou na Pastoral Vocacional e na formação de jovens para a vida religiosa no seminário. Foi para a Irlanda e, em seguida, para Roma, onde fez mestrado em Teologia Moral pela Universidade do Vaticano. No ano de 2003, ele retornou para a sua terra natal, para assumir uma missão grandiosa: ser reitor do Santuário do Divino Pai Eterno, onde permaneceu por 11 anos. Em 2004, ele fundou a Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe) e, desde então, a devoção centenária ganhou um novo fôlego, alcançando milhões de devotos por todo o Brasil.Pe. Robson foi Superior Provincial dos Redentoristas de Goiás entre 2015 e 2019. Com o fim de seu mandato, retornou para a reitoria do Santuário Basílica de Trindade. Sua história sempre foi marcada pelo sonho de disseminar a devoção ao Divino Pai Eterno. Para que isso se tornasse possível, buscou espaço nos meios de comunicação.Diariamente, reza a Novena dos Filhos do Pai Eterno, a Novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e o Santo Terço dos Filhos do Pai Eterno, bem como celebra missas transmitidas do Santuário e exibidas, nacionalmente, pela RedeVida de Televisão, além de outras emissoras locais. No rádio, as Novenas vão ar pela Rede Difusora Pai Eterno, abrangendo diversas cidades brasileiras. O sacerdote também realiza o seu trabalho evangelizador por meio da internet, em suas páginas oficiais no Facebook (facebook.com/Pe.RobsonOliveira); Instagram (@padrerobsonoliveira); e pelo Twitter (@PadreRobson). Por meio da Afipe, da qual é presidente-fundador, Pe. Robson recebe milhares de testemunhos de conversões e graças alcançadas vindas de diversas regiões.Outro ponto forte de sua missão foi a iniciativa de levar a Visita da Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno às dioceses do País. Percorrendo diferentes localidades, Pe. Robson foi ao encontro de milhões de devotos em cerca de 180 visitas. Além disso, em 2010, lançou o CD “Nos Braços do Pai”, pela Som Livre. Com pregações e preces sobre temas que atingem o cerne da vida humana, o padre e sua equipe conquistaram o carinho de pessoas de todos os cantos do Brasil.Nascido e criado em Trindade (GO), padre Robson de Oliveira entrou para o seminário ainda aos 14 anos e começou lá sua caminhada para ser um semeador da Palavra e do amor do Divino Pai Eterno. Tornou-se sacerdote aos 24 anos e é membro da Congregação do Santíssimo Redentor.Depois de ordenado, o Missionário Redentorista trabalhou na Pastoral Vocacional e na formação de jovens para a vida religiosa no seminário. Foi para a Irlanda e, em seguida, para Roma, onde fez mestrado em Teologia Moral pela Universidade do Vaticano. No ano de 2003, ele retornou para a sua terra natal, para assumir uma missão grandiosa: ser reitor do Santuário do Divino Pai Eterno, onde permaneceu por 11 anos. Em 2004, ele fundou a Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe) e, desde então, a devoção centenária ganhou um novo fôlego, alcançando milhões de devotos por todo o Brasil.Pe. Robson foi Superior Provincial dos Redentoristas de Goiás entre 2015 e 2019. Com o fim de seu mandato, retornou para a reitoria do Santuário Basílica de Trindade. Sua história sempre foi marcada pelo sonho de disseminar a devoção ao Divino Pai Eterno. Para que isso se tornasse possível, buscou espaço nos meios de comunicação.Diariamente, reza a Novena dos Filhos do Pai Eterno, a Novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e o Santo Terço dos Filhos do Pai Eterno, bem como celebra missas transmitidas do Santuário e exibidas, nacionalmente, pela RedeVida de Televisão, além de outras emissoras locais. No rádio, as Novenas vão ar pela Rede Difusora Pai Eterno, abrangendo diversas cidades brasileiras. O sacerdote também realiza o seu trabalho evangelizador por meio da internet, em suas páginas oficiais no Facebook (facebook.com/Pe.RobsonOliveira); Instagram (@padrerobsonoliveira); e pelo Twitter (@PadreRobson). Por meio da Afipe, da qual é presidente-fundador, Pe. Robson recebe milhares de testemunhos de conversões e graças alcançadas vindas de diversas regiões.Outro ponto forte de sua missão foi a iniciativa de levar a Visita da Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno às dioceses do País. Percorrendo diferentes localidades, Pe. Robson foi ao encontro de milhões de devotos em cerca de 180 visitas. Além disso, em 2010, lançou o CD “Nos Braços do Pai”, pela Som Livre. Com pregações e preces sobre temas que atingem o cerne da vida humana, o padre e sua equipe conquistaram o carinho de pessoas de todos os cantos do Brasil.

PE. ROBSON DE OLIVEIRA

PE. EDINÍSIO

Horários

Santuário Basílica

De segunda a sexta

Missas: 7h e 19h30

Sábado

Missas: 7h, 10h, 15h e 17h30

Domingo

Missas: 5h45, 8h, 10h, 12h, 15h e 17h30

Funcionamento Secretaria

Segunda a sexta: 7h às 21h

Sábado: 6h às 20h

Domingo: 5h às 20h

Igreja Matriz

Segunda, terça, quinta e sexta

Missas: 7h e 19h

Quarta

Missas: 9h, 15h, 17h30 e 19h

Sábado

Missas: 7h, 10h, e 17h

Domingo

Missas: 6h30, 8h, 9h30, 18h e 19h30

Funcionamento Secretaria

Segunda a sexta: 8h às 18h

Sábado: 8h às 11h e 13h às 17h

Domingo: 8h às 11h

Missas TV

TV Pai Eterno

Segunda, terça, quinta e sexta: 7h e 19h

Quarta: 9h e 19h

Sábado: 7h e 17h30

Domingo: 17h30

RedeVida

Segunda, terça, quinta e sexta: 7h

Quarta: 9h

Sábado: 7h e 17h30

Domingo: 17h30

TV Anhanguera

Domingo: 5h30

PUC TV

Sábado: 17h30 Domingo: 8h

Novenas TV

Novena dos Filhos do Pai Eterno

RedeVida

Segunda a sexta: 10h, 17h e 20h Sábado: 10h e 21h
Domingo: 9h

PUC TV

Todos os dias: 6h30

Novena do Perpétuo Socorro

RedeVida

Segunda a sábado: 8h30 e 14h30
Domingo: 12h30

Santo Terço

RedeVida

Todos os dias: 6h

Programa Pai Eterno

RedeVida

Segunda a sexta: 7h45

RedeVida

Segunda a sexta: 10h45 (reapresentação)

PUC TV

Domingo: 17h30

Galeria de Fotos

Celebração 18/05/2019 – 17h30

Mural dos devotos 18/05/2019 – 17h30

Imagem Peregrina visita Colinas (TO) – 19/05/19 – 17h30

ver todas

RELACIONADAS









Newsletter