Obras Sociais Redentoristas estão presentes na Romaria 2018

Peregrinação, missa e estande de exposição reúnem assistidos nos centros sociais.

O sétimo dia da Novena em Louvor ao Divino Pai Eterno, em Trindade (GO), foi marcado pela Romaria da Solidariedade e celebração da Missa das Obras Sociais Redentoristas. Durante todo o dia, quem participou da caminhada rezou em intenção ao trabalho realizado pelas instituições sociais apoiadas pela Associação Filhos do Pai Eterno.

De acordo com o diretor das Obras Sociais, Pe. Reinaldo Martins, os romeiros são chamados a serem solidários com Deus e com o próximo. “Colaboradores, voluntários, assistidos e bem feitores nos dirigimos até Trindade para agradecer tantas graças e bênçãos que o Divino Pai Eterno tem nos concedido por meio do trabalho social”, ressaltou.

No fim da tarde, uma celebração especial contou com a participação de romeiros, assistidos pelas obras e seus familiares.  “A missa foi rezada em louvor ao Divino Pai Eterno pedindo proteção ao nosso trabalho, rezamos pelos nossos assistidos, colaboradores, como um momento de Ação de Graças. Quem louva ao Pai Eterno também é chamado a servir aos irmãos. O próprio Jesus nos ensina a servir. Então, a missa tende a nos elevar espiritualmente para junto do amor de Deus para que possamos servir aos nossos irmãos. Temos que cultivar a nossa fé, e ir ao encontro dos nossos irmãos, daqueles que mais precisam”, concluiu o padre.

Veja também:

Estandes das Obras Sociais

Quem está participando da Festa do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO), pode conferir o trabalho realizado pelas Obras Sociais e ainda se informar como é possível colaborar com cada uma delas. Um estande está montado no Espaço do Romeiro e outro em frente uma das entradas do Santuário Basílica. Nos dois, alguns produtos estão expostos e à venda. A renda arrecadada será revertida para o trabalho social com crianças, jovens, adultos e idosos.

Durante todo o ano, cerca de 1,3 mil são atendidas pelas Obras Sociais Redentoristas em Trindade e Goiânia. “Nós realizamos o trabalho de resgate da dignidade humana daquela pessoa em situação de vulnerabilidade. Todas as nossas atividades nos centros sociais buscam resgatar as pessoas que precisam”, explicou Pe. Reinaldo.

Os estandes das Obras Sociais tem a função de comprovar o trabalho social como o rosto da Igreja. “Tudo para que o romeiro veja o nosso trabalho e tenha a certeza de que está ajudando para o bem”, concluiu o padre.

A visitação aos estandes está intensa durante a Romaria e os romeiros sempre levam para casa uma lembrancinha. “São trabalhos lindos! Estou encantada”, afirmou Admara Poroto Rei Veloso, romeira de Goiânia (GO). Jussara Pereira da Silva, também de Goiânia, completou: “Eu sinto que estou saindo de mim e me doando ao próximo, dando um pouco de amor a quem merece”, disse.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store