São Vicente de Paulo: legado de cuidado e amor ao próximo

Na próxima quinta-feira, 27, a Igreja celebra o patrono das obras de caridade.

Na próxima quinta-feira, 27, a Igreja Católica celebra São Vicente de Paulo, patrono das obras de caridade, que ficou conhecido por ser um sacerdote de origem humilde vindo de uma família pobre. Ele era movido pelo amor ao próximo, um exemplo de ser humano. A Ir. Vanda Elisa Conde, coordenadora de unidade da Vila São Cottolengo, em Trindade (GO), falou sobre o legado de São Vicente de Paulo no Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 24. (Assista ao vídeo abaixo)

“Foi um sacerdote francês. Era diocesano, de uma família numerosa. Teve sua infância e juventude no meio camponês. Era uma pessoa simples, inteligente, sábio e o pai resolveu manda-lo estudar fora. Vicente decidiu ser sacerdote no primeiro momento porque era uma forma de ter uma renda para ajudar a família. Naquele tempo, o sacerdócio não era tão visto como vocação, mas como uma forma de profissão. No decorrer do tempo, ele se converteu aos pobres e depois disso sua história se desenvolveu a partir dos pobres”, afirmou a irmã.

Segundo ela, São Vicente deixou o legado de amor aos pobres. “Todas as conferencias que ele fez para as irmãs, aos padres, para as pessoas da conferência de caridade, ele batia muito nesta tecla. A espiritualidade dele é baseada no amor aos pobres. Ele afirma sempre que servindo aos pobres, servimos a Jesus Cristo”, ressaltou Ir. Vanda.

Veja também:

Dentro da Vila São Cottolengo, obra social apoiada pela Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), o trabalho é baseado nos ensinamentos de São Vicente de Paulo. “É justamente para promover vida com qualidade para pessoas que não têm como sobreviver se não fosse a Vila. São pessoas pobres, que não conseguiriam sobreviver. Então, essa espiritualidade toda de São Vicente é vivida aqui através do serviço direto aos pobres. Aquelas pessoas que dependem da gente para viver”, disse irmã.

Assim como diz o Evangelho Vicentino, São Vicente afirmava que Jesus Cristo está presente nos pobres. “Jesus disse: ‘Eu tive fome e você me deu o de comer, eu tive sede, me deu de beber’. Então, sempre que somos sensíveis com aqueles mais necessitados, nós estamos vivendo esse legado de São Vicente de Paula. Hoje vemos quantas pessoas necessitadas, que ainda passam fome. Então, a caridade, que vemos como solidariedade, amor ao próximo, se ela é vivida conseguimos sanar essas necessidades básicas dos nossos irmãos. É um horror saber que as pessoas passam necessidade nos dias de hoje”, pontuou Ir. Vanda.

De acordo com a irmã, o grande serviço que o cristão pode prestar a Deus é o amor ao próximo. “Olhando para aquele que está mais próximo de nós. Muitas vezes o mais necessitado está pertinho de nós e não enxergamos. Então, alargar os nossos horizontes, ver quem está perto de nós e ver aquele que mais precisa da gente, ainda vivendo a espiritualidade vicentina”, concluiu.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno