Família constrói alicerce na devoção ao Pai Eterno

  07 de dezembro de 2018 • 11h00 • Atualizado em 11/12/2018 • 12h53

O Programa Pai Eterno desta sexta-feira, 7, mostrou um exemplo de família que tem muita fé. A costureira Maria de Lourdes de Freitas, conheceu a devoção ao Pai Eterno na infância e com seus princípios criou seus filhos e netos. Uma família que tem muitas bênçãos para compartilhar. (Assista ao vídeo abaixo)

“Eu sou uma pessoa de muita fé, tenho alcançado muita bênção. O Pai Eterno tem me dada tudo que eu peço. Sou devota do Pai Eterno desde os 14 anos de idade e sempre Ele tem me dado a glória. Minha mãe teve um problema e eu pedi ao Pai que Ele desse a cura. No outro dia minha mãe estava com a pele branquinha!”, contou a costureira.

As netas  e os filhos estão sempre na casa devota. A família é sempre muito unida. “A união da minha família é muito bonita. Tudo que vamos fazer dialogamos. Os meus filhos todos  conversam comigo. Meu esposo faleceu tem três anos, mas sempre nós estamos juntos. Eu fiquei sendo a mãe e o pai”, contou.

O filho de Maria de Lourdes, Vanderlan Claudio Felipe, motorista, falou sobre seu carinho pela mãe: “Falar de mãe, para mim é falar de tudo. A minha mãe sempre foi pai e mãe. Ela é a base de tudo na minha vida, na nossa família. Sempre incentivando e mostrando os caminhos certos que temos que seguir, principalmente dentro da Igreja. Então, o que eu tenho para falar dos meus pais  é que eles são meus heróis”.

Veja também:

Maria de Lourdes tem quatro filhos e 14 netos. A união da família é conservada todos os dias. Até mesmo nos momentos mais difíceis, como o acidente que quase tirou a vida de um dos seus netos. “Ele sofreu um acidente de moto. As motos se chocaram e aí ele estava em Imperatriz e ele já tinha vindo para Itumbiara. Quando eu recebi a notícia, foi um choque muito grande, mas como o Pai Eterno permanece nos nossos corações, na nossa vida, na nossa casa a todo o momento. As vizinhas chegaram e quando eu entrei no quarto e falei com o Pai Eterno, Ele me falou naquela hora: ‘Filha, seu neto não vai morrer!’. Depois de passar alguns dias no hospital, entre a vida e a morte, inclusive ele perdeu um olho, nós alcançamos a bênção. Ele está bem, trabalhando, dirigindo, vivendo. Perdeu um olho, mas está vivo para contar a história, graças ao Divino Pai Eterno”, relatou.

O pai, José Arildo Felipe, lembrou como o momento de recuperação do filho foi delicado: “Foram 28 dias na UTI e eu me apeguei ao Divino Pai Eterno e eu tinha certeza que Ele salvaria meu filho. E isso aconteceu!”.

As alegrias e as dificuldades fortalecem os laços de uma família. Com fé e devoção, os problemas vão sendo ultrapassados com menos sofrimento. Para que assim todas as famílias possam valorizar cada momento de felicidade. “Como é maravilhoso ser uma família de fé. As vezes temos dificuldades, pouco dinheiro , mas a força e a fé de Deus sempre permanece com a gente. As coisas vem de uma maneira que a gente nem espera. Sabemos que Ele está conosco o tempo todo” , afirmou Maria de Lourdes.

Para o filho, José Arildo, a base de tudo é a família e a fé.  “Eu acho que eu sou uma pessoa muito feliz, e agradeço muito a Deus pela família que eu tenho. Acho que sem eles eu não seria ninguém”, concluiu.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Fonte: Afipe

Veja Também